Maitê Proença diz que teve menopausa interrompida; é possível voltar a ter ciclos menstruais?

Saúde
17 de Julho, 2023
Maitê Proença diz que teve menopausa interrompida; é possível voltar a ter ciclos menstruais?

Na última semana, a atriz e apresentadora Maitê Proença, de 65 anos, compartilhou que teve a menopausa interrompida aos 50 anos ao viver um relacionamento com um ex-namorado que tinha uma vida sexualmente ativa.

“Foi o namorado mais hedonista que tive. Naquele momento, eu andava bastante desinteressada nisso, mas, como ele gostava de sexo e era muito bom nessa missão, a minha menopausa parou. E fiquei três anos com o relógio da menstruação de volta — conta a atriz. — Só depois que o larguei, veio a menopausa”. 

Veja também: Angélica fala sobre menopausa precoce; o que é e o que esperar da fase?

Afinal, a menopausa pode ser interrompida, como no caso de Maitê Proença?

Segundo a médica ginecologista e obstetra do Hospital Albert Einstein, Dra. Mariana Rosário, a pausa pode ter relação com o vínculo amoroso. Contudo, ela indica que o fluxo menstrual pode ter normalizado em uma fase pré-menopausa, no climatério, período que indica transição da fase reprodutiva para a não reprodutiva.

Nesse período, há uma diminuição das funções ovarianas, o que resulta em ciclos menstruais irregulares que passam a ter um espaçamento maior até pararem por completo. Assim, esse processo tende a começar a acontecer por volta dos 40 anos e pode se estender até os 65 anos de idade.

Portanto, a médica sugere que a atriz passava pelo climatério durante o relacionamento: “Provavelmente, ela estava nessa fase pré-menopausa, quando ainda não tinha zerado todos os folículos, tinha um ou outro ali ainda para ovular”.

“O relacionamento amoroso pode oferecer estímulos”

A médica explica ainda que um relacionamento amoroso pode fornecer estímulos ao corpo por meio da dopamina, serotonina, testosterona e estradiol, afetando a produção hormonal do organismo como um todo. Por isso, os ciclos menstruais podem voltar a normalizar. 

“O cortisol é o hormônio do estresse que impede a produção hormonal completa. Então, quando a gente fica apaixonada, a gente tem a diminuição do cortisol, a gente fica menos estressada e melhora a produção hormonal. A gente tem a produção da ocitocina, que é o hormônio do amor, que estimula o útero também”.

“Consideramos menopausa depois de 1 ano seguido sem menstruar”, aponta a médica e enfatiza que após esse período, as chances de reverter o quadro são muito pequenas. 

Fonte: Dra. Mariana Rosário, médica ginecologista, obstetra e mastologista, membro do corpo clínico do Hospital Albert Einstein.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

corrida
Bem-estar Movimento Saúde

Como proteger garganta e ouvidos na corrida durante o inverno

É necessário tomar os devidos cuidados para proteger garganta e ouvidos durante a corrida no inverno. Saiba mais!

5 hábitos saudáveis para enxaqueca
Saúde

5 hábitos saudáveis para enxaqueca

A enxaqueca é uma doença crônica que causa um tipo de dor de cabeça latejante

Mortes por AVC
Saúde

Mortes por AVC podem ser associadas às temperaturas extremas

Mais de meio milhão de pessoas tiveram AVC relacionados às temperaturas extremas – muito calor ou muito frio