Losartana fora do mercado: o que fazer se você toma a medicação

Saúde
24 de Junho, 2022
Losartana fora do mercado: o que fazer se você toma a medicação

Na última quinta-feira (23), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou a interdição e o recolhimento de lotes de medicamentos que têm o princípio ativo losartana. Segundo a instituição, tomou-se esta decisão porque os remédios têm a impureza “azido” em concentrações maiores do que as consideradas normais.

“Elas são substâncias que podem surgir durante o processo de fabricação do insumo farmacêutico ativo e que tem potencial mutagênico”, esclarece a nota oficial da agência à imprensa.

Com esta notícia, não é incomum que brasileiros se perguntem o que fazer caso usufruam do anti-hipertensivo e medicamento destinado à insuficiência cardíaca mais utilizado no país. A seguir, veja a resposta da própria Anvisa!

Leia mais: Pressão alta: o que é, sintomas e causas da hipertensão

A losartana que uso faz parte dos lotes afetados. E agora?

Segundo a agência, recomenda-se que os pacientes continuem usando o medicamento mesmo que ele faça parte dos lotes que foram afetados e futuramente recolhidos. No entanto, em caso de dúvida, deve-se entrar em contato com um especialista ou farmacêutico mais próximo.

“A hipertensão e insuficiência cardíaca exigem acompanhamento constante e qualquer alteração no tratamento deve ser feita somente pelo médico que acompanha o paciente. Deixar de tomar o medicamento pode trazer mais riscos para a saúde do paciente”, reitera a instituição. Dessa forma, a Anvisa orienta que se tenha primeiro um novo lote em mãos para depois realizar a troca do remédio. Assim, o tratamento não é interrompido.

Com a medicação reestabelecida, o próximo passo é entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) do laboratório do remédio e solicitar a sua substituição. Inclusive, os meios de comunicação destas empresas estão disponíveis nas embalagens e bulas dos produtos.

Leia mais: Dieta para hipertensão: Afinal, qual a relação dos alimentos com a pressão alta?

Veja quais medicamentos serão interditados e recolhidos:

Inicialmente, de acordo com a Anvisa, a sua ação é preventiva e “não há risco imediato em relação ao uso dessa medicação, porque não existem dados que indiquem um aumento dos eventos adversos”, diz a nota. Todavia, se a decisão do paciente for trocá-la, é imprescindível verificar se o lote do seu remédio foi realmente um dos afetados:

Clique aqui para ver a lista dos lotes dos medicamentos recolhidos!

Clique aqui para ver a lista dos lotes dos medicamentos interditados!

Fonte: Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

Leia também:

Por quanto tempo devo tomar vitamina C
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar vitamina C?

Aliada a imunidade e a beleza, a vitamina C está ligada a uma série de benefícios para a saúde. Veja recomendações sobre o consumo prolongado

montagem com as fotos de Wagner
Saúde

Ele já fez mais de 100 doações de sangue e plaquetas: “dar um pouco da minha saúde para quem precisa”

Conheça a história de Wagner Hirata, que tem as doações de sangue e plaquetas como um de seus propósitos de vida

neuralgia do trigêmeo
Saúde

Neuralgia do trigêmeo: doença que provoca uma das piores dores do mundo

Sintomas de doença são dores muito fortes e rápidas em apenas um lado do rosto, causando sensação de choque ou de um golpe muito forte