Limpeza bucal: importância, quando e como fazer

Saúde
25 de Junho, 2024
Limpeza bucal: importância, quando e como fazer

A limpeza bucal é essencial para a manutenção da saúde oral e geral. Tem como objetivo a remoção da placa bacteriana, prevenção de doenças e manutenção do frescor bucal. Apesar de parecer uma rotina simples, fazê-la de forma correta é fundamental para evitar uma série de problemas de saúde. Aprenda, então, a maneira adequada de higienizar a boca.

Leia mais: Quando trocar a escova de dentes?

O que é a limpeza bucal?

A limpeza bucal são todas as ações destinadas a manter a boca, dentes e gengivas limpos e saudáveis. Por exemplo, a escovação dos dentes, uso do fio dental, enxaguantes bucais e visitas regulares ao dentista para limpezas mais profundas. Esses cuidados ajudam a prevenir cáries, doenças gengivais e mau hálito, além de contribuir para a saúde geral do organismo.

Qual é a importância para a saúde?

A limpeza bucal vai muito além da estética. Isso porque a falta de higiene oral adequada pode levar ao acúmulo de placa bacteriana, que é a principal causa de cáries e gengivites. Se não tratadas, essas condições podem evoluir para problemas mais graves, como periodontite, perda de dentes e até infecções sistêmicas. Além disso, estudos têm mostrado uma forte ligação entre doenças periodontais e condições sistêmicas, como doenças cardíacas e diabetes. Portanto, manter uma boa higiene oral é crucial para a saúde do corpo como um todo.

Como fazer a limpeza bucal corretamente?

Escovar os dentes

  • Primeiramente, utilize uma escova de dentes de cerdas macias e creme dental com flúor.
  • Escove os dentes pelo menos duas vezes ao dia, especialmente após as refeições e antes de dormir.
  • Realize movimentos suaves e circulares para limpar todas as superfícies dos dentes: frente, trás e áreas de mastigação.
  • Por fim, não se esqueça de escovar a língua para remover bactérias e evitar o mau hálito.

Uso do fio dental

O fio dental é crucial para remover resíduos alimentares e placa bacteriana entre os dentes e abaixo da linha da gengiva, onde a escova não alcança. Por isso, utilize-o pelo menos uma vez ao dia. Deslize suavemente o fio entre os dentes e faça movimentos de vai e vem, contornando cada dente com cuidado.

Enxaguantes bucais

Enxaguantes bucais antibacterianos podem ajudar a reduzir a placa bacteriana e prevenir gengivites. Entretanto, opte por aqueles sem álcool para evitar ressecamento da boca. Além disso,  siga as instruções do produto para a quantidade e duração do enxágue.

Limpeza profissional

Por fim, não se esqueça de visitar o dentista regularmente, idealmente a cada seis meses, para uma limpeza profissional. Isso porque esse tipo de limpeza, mais profunda, removerá o tártaro, que é a placa bacteriana endurecida e que não pode ser removida apenas com escovação e fio dental.

Limpeza bucal: qual é a periodicidade dos cuidados?

A periodicidade dos cuidados com a higiene bucal deve ser diária. A escovação deve ocorrer pelo menos duas vezes ao dia, enquanto o uso do fio dental é recomendado uma vez ao dia. A visita ao dentista para uma limpeza profissional deve ser feita a cada seis meses, mas pessoas com predisposição a doenças periodontais podem necessitar de consultas mais frequentes.

Dicas extras para uma boa higiene oral

  • Dieta: Evite alimentos e bebidas açucaradas, que podem contribuir para a formação de cáries. Desse modo, inclua alimentos ricos em cálcio e vitaminas para fortalecer os dentes.
  • Hidrate-se: A água é essencial para a produção de saliva, que ajuda a neutralizar ácidos na boca e lavar resíduos de alimentos.
  • Não fume: O tabagismo é um fator de risco para doenças gengivais e câncer oral. Além disso, pode causar manchas nos dentes e mau hálito.

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

Ozempic, Wegovy e Mounjaro
Saúde

Ozempic, Wegovy e Mounjaro: endocrinologista explica diferenças

Como as chamadas "canetas emagrecedoras" atuam contra o diabetes e obesidade?

Mulher grávida ao lado de um médico, que está olhando uma prancheta, explicando as doenças mais comuns na gravidez
Gravidez e maternidade Saúde

7 doenças mais comuns na gravidez e como identificá-las

As alterações da gravidez podem enfraquecer o sistema imunológico da mulher, tornando-a mais propensa a doenças e infecções comuns no período

Creatina na menopausa
Alimentação Bem-estar Saúde

Creatina na menopausa: suplemento ameniza efeitos e promove bem-estar

A suplementação surge como uma alternativa promissora para combater os efeitos negativos da menopausa e promover o bem-estar feminino