O lazer sedentário aumenta risco de AVC

Bem-estar Movimento Saúde
01 de Setembro, 2021
O lazer sedentário aumenta risco de AVC

O lazer sedentário (assistir televisão, ler, mexer no celular, usar o computador, jogar videogame) é uma forma de descontrair para diversas pessoas. No entanto, este comportamento pode aumentar o risco de AVC entre adultos. É o que mostra um estudo publicado no periódico científico Stroke, da American Heart Association.

Ao revisarem registros canadenses de saúde e estilo de vida, pesquisadores da Universidade de Calgary descobriram que adultos com menos de 60 anos, com pressão arterial baixa, que gastam oito ou mais horas do dia em lazer sedentário podem ter até quatro vezes mais chance de sofrer um AVC.

Leia também: Dieta vegetariana pode reduzir risco de AVC

Como o estudo sobre lazer sedentário funcionou

Os cientistas analisaram as informações de 143 mil adultos sem episódios de derrame, doença cardíaca ou câncer que participaram da Pesquisa de Saúde da Comunidade Canadense nos anos 2000, 2003, 2005 e no intervalo de 2007 a 2012.

Dessa forma, durante um acompanhamento de quase uma década, foram registrados 2.965 casos de AVC. Nesse sentido, os pesquisadores verificaram o tempo que cada um dos 143 mil participantes gastou com atividades sedentárias. Os voluntários foram separados em quatro grupos:

  • Menos de quatro horas de lazer sedentário por dia;
  • De quatro a menos de seis horas por dia;
  • De seis a menos de oito horas por dia;
  • Oito horas ou mais por dia. 

O tempo médio de lazer sedentário foi de quase quatro horas por dia entre adultos com menos de 60 anos. Mas no grupo que relatou oito ou mais horas de lazer sedentário e baixa atividade física, o risco de AVC se mostrou quatro vezes maior.

“As pessoas devem estar cientes de que comportamentos sedentários podem ter efeitos adversos na saúde”, afirmou Raed Joundi, principal autor do estudo, ao site da Associação Americana do Coração.

Leia também: Vacina de Covid-19 causa trombose? Veja 9 mitos e verdades sobre a doença

Além disso, o cientista esclareceu que a análise do tempo sedentário dos voluntários do estudo não considerou o período de trabalho. Segundo ele, cada vez mais as pessoas se divertem com hobbies que envolvem pouco exercício, o que pode favorecer problemas de saúde.

(Fonte: Agência Einstein)

Referência: Joundi RA et als.  Association Between Excess Leisure Sedentary Time and Risk of Stroke in Young Individuals. https://doi.org/10.1161/STROKEAHA.121.034985 Stroke. 2021;52:3562–3568

Leia também:

Por quanto tempo tomar glutamina
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar glutamina?

Veja recomendações importantes sobre o consumo prolongado

mulher correndo ao ar livre em uma ponte em cima de um rio
Bem-estar Movimento

Quando aumentar a distância na corrida?

Sente que os treinos estão ficando cada vez mais fáceis de completar? Talvez seja a hora de aumentar a distância na corrida. Entenda

Alimentação e hipertensão
Alimentação Bem-estar Saúde

Alimentação e hipertensão: o que priorizar e o que evitar?

O ideal é utilizar temperos naturais, como ervas e especiarias. Veja outras dicas