Cuidados essenciais ao lavar o cabelo no verão

15 de setembro, 2021

Para manter os cabelos bonitos e saudáveis na estação mais quente do ano é preciso caprichar em cada etapa de cuidados com os fios. E isso inclui a maneira e a frequência que você vai lavar o cabelo no verão. 

Não é novidade que sal, sol e cloro agem negativamente nas madeixas. Pois, tais agentes são capazes de danificar a estrutura e aparência dos fios. Por isso, vale a pena lavar o cabelo no verão diariamente. Além disso, a temperatura da água faz toda a diferença. Ela interfere tanto na saúde do cabelo quanto na da pele. Assim, a água do banho deve ser de morna para fria, já que a alta temperatura abre a cutícula do fio, fazendo com que ele perca a hidratação.

“Proteger a cutícula é muito importante para manter a integridade da haste do cabelo. Isso pode ser alcançado evitando impactos nocivos ou implementando produtos para o cabelo com filtros UV”, explica a dermatologista Dra. Simone Neri. 

Para os frequentadores de praia e piscina, a médica indica lavar os cabelos com água filtrada ou água doce após os mergulhos.

Lavar o cabelo no verão: Hidratar é preciso

Quando o assunto é hidratação e cabelos no verão, é preciso caprichar. “A frequência depende da necessidade de cada cabelo e do seu grau de dano. Mas, basicamente, as máscaras capilares podem ser usadas uma vez na semana para reestruturar os fios, assim como o uso frequente de condicionadores em todas as lavagens”, reforça a dermatologista. 

Além disso, um programa de tratamento bem-feito vai devolver a beleza dos cabelos danificados. Para isso, é necessário a implantação de um cronograma capilar. “Trata-se de uma sequência de tratamentos e cuidados que oferecem hidratação, nutrição e reconstrução. Assim, cada etapa do cronograma capilar oferece uma solução específica para os cabelos danificados”, conta a Dra. Simone Neri. 

Leia também: Ansiedade e beleza: Consequências na pele, cabelo e unhas

Cronograma capilar para cuidados dos cabelos no verão 

A primeira etapa é a hidratação, que tem como objetivo repor a água dos fios secos e quebradiços. Ela regenera a fibra capilar e proporciona maciez e força. É composta basicamente por extratos vegetais de plantas ou frutas, pantenol, vitaminas, mel e açúcares, que são usados para repor água dentro dos fios.

Já a nutrição vai repor o óleo, a camada lipídica que blinda os cabelos e protegem contra o suor. Assim, uma nutrição correta protege contra as agressões diárias que causam o ressecamento, o frizz e o enfraquecimento da fibra capilar. Ou seja, essa etapa é fundamental para que a água permaneça dentro do fio. Ela pode ser feita com máscaras capilares compostas de óleos vegetais, manteigas vegetais e ceramidas

Mas, a terceira etapa é a que salva os fios. Ela é a reposição de proteína. Assim, a reconstrução repõe a queratina, que é uma proteína produzida pelo corpo humano e representa cerca de 90% da constituição do fio. A reconstrução é responsável por garantir força, elasticidade e resistência às madeixas.  

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.