Jovem é internada após cheirar pimenta: entenda os riscos

Saúde
06 de Março, 2023
Jovem é internada após cheirar pimenta: entenda os riscos

A trancista Thais Medeiros, de 25 anos, está internada na UTI desde o dia 17 de fevereiro após cheirar pimenta e passar mal. 

De acordo com o boletim médico divulgado neste sábado (4), pela Santa Casa de Anápolis, em Goiânia, Thais saiu da ventilação mecânica e realizou uma traqueostomia. Atualmente a jovem está sem sedação, mas ainda não reagiu aos estímulos. 

Alergia após cheirar pimenta

A família afirmou que, até aquele dia, Thais nunca havia manifestado alergia à pimenta. Contudo, os médicos acreditam que tenha sido uma forte reação alérgica.

Em entrevista à CNN, o namorado de Thais, Matheus Oliveira, contou que estava com ela quando tudo aconteceu. Além disso, ele ressaltou que a jovem é asmática.

“Ela estava na cozinha e entraram em assunto de pimenta. Então ela passou a pimenta no nariz e cheirou. Eu vi quando ela passou a mão no pescoço e começou a coçar. Ela foi até o quarto e pegou a bombinha de asma, tomou um antialérgico e fomos correndo pro hospital, mas ela foi agonizando, já chegou praticamente sem pulso e precisou ser reanimada pelos médicos”, disse.

Leia também: A diferença entre intolerância e alergia alimentar

Perigos da reação alérgica

Existem diversos tipos de reações alérgicas e algumas, inclusive, surgem quando as pessoas menos esperam, como é o caso de Thais.

O choque anafilático, por exemplo, é a forma mais grave da alergia. Também chamado de anafilaxia ou de reação anafilática, é uma reação sistêmica que acontece diante de uma alergia grave. Assim, ocorre logo após o contato entre uma pessoa e uma substância a qual ela é alérgica.

O problema ocorre quando a causa em questão estimula o sistema imunológico e faz com que se inicie uma reação exagerada do organismo, podendo levar a perda da consciência, convulsões ou até mesmo um AVC.

Por fim, ao ter um choque anafilático o indicado é buscar ajuda médica em um pronto atendimento o mais rápido possível. Geralmente, o tratamento é feito com o uso da adrenalina injetada no músculo da coxa e da máscara de oxigênio para ajudar o paciente a respirar melhor.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

insulina oral
Saúde

Insulina oral: Pesquisadores desenvolvem novo tratamento para diabetes

A nova versão se mostrou mais prática e deve gerar menos efeitos colaterais

Ivete Sangalo pneumonia
Saúde

Ivete Sangalo é internada com pneumonia. Entenda o quadro

A pneumonia é uma infecção respiratória que causa tosse com muco ou pus, febre e dificuldade respiratória

foto de uma caderneta de vacinação com uma seringa
Saúde

Caderneta de vacinação em dia ajuda a evitar surtos de doenças

Especialistas alertam que a vacinação é um pacto de saúde coletivo