Ivete Sangalo é internada com pneumonia. Entenda o quadro

Saúde
23 de Fevereiro, 2024
Ivete Sangalo é internada com pneumonia. Entenda o quadro

Após a maratona de carnaval, a cantora Ivete Sangalo utilizou as redes para informar os seguidores que foi internada com pneumonia. 

“Antes de qualquer preocupação, já quero dizer que estou bem! Essa semana, terminada a maratona carnavalesca, assim como grande parte das pessoas, peguei uma virose. Estou assistida e já me sentindo melhor. Mandarei notícias tá bem, certa de que serão sempre as melhores graças ao meu Deus maior”, disse, Ivete.

Embora estável, o quadro de saúde da cantora fez com que ela cancelasse a participação no “Navio da Xuxa”, que começou ontem, 22/02. 

“Hoje, a partir de aconselhamento médico, vim ao hospital e então veio a internação. Diagnóstico: Pneumonia. Estou assistida e já me sentindo melhor”, completou Ivete. 

Ivete Sangalo com pneumonia: entenda o quadro

A pneumonia é uma infecção respiratória que atinge os pulmões, que se enchem de líquido ou pus, causando tosse com muco ou pus, febre, calafrios e dificuldade respiratória. Pode variar em gravidade de leve a potencialmente fatal e é tipicamente causada por bactérias, vírus ou fungos. 

Dessa forma, a pneumonia se desenvolve quando  a imunidade do indivíduo está comprometida, ou ocorre aspiração de uma grande quantidade de microrganismos ou há a presença de um agente mais infectante. Os quatro tipos de pneumonia são: bacteriana, que é o quadro mais comum, viral, fúngica e aspirativa. 

Sintomas de pneumonia

Os sintomas variam de pessoa pra pessoa, mas geralmente observa-se:

  • Tosse, geralmente com secreção;
  • Falta de ar e dificuldade para respirar;
  • Dor torácica;
  • Febre ou calafrios, mialgia, suores e dor de cabeça;
  • Confusão mental, vômitos, diarreia e falta de apetite.

Como tratar?

O tratamento depende da identificação do tipo de pneumonia. Logo, se for uma pneumonia bacteriana, há várias escolhas de antibióticos. Assim, a escolha do mais adequado leva em conta o quadro clínico, os achados laboratoriais e radiológicos, além dos protocolos hospitalares e as diretrizes das sociedades de especialidades. 

Dessa forma, na maioria dos casos, emprega-se antibióticos por via oral, sendo que pacientes internados recebem antibioticoterapia intravenosa. Por fim, o uso de oxigênio, drogas vasoativas, intubação e ventilação mecânica são indicados para casos graves.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Por quanto tempo tomar glutamina
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar glutamina?

Veja recomendações importantes sobre o consumo prolongado

Alimentação e hipertensão
Alimentação Bem-estar Saúde

Alimentação e hipertensão: o que priorizar e o que evitar?

O ideal é utilizar temperos naturais, como ervas e especiarias. Veja outras dicas

check-up ginecológico
Bem-estar Saúde

Check-up ginecológico: quais exames a mulher deve realizar anualmente?

A rotina de exames permite diagnóstico rápido para diversas doenças, ampliando as chances de um tratamento eficaz