Indigestão: O que é, sintomas e como tratar

Saúde
11 de Fevereiro, 2022
Indigestão: O que é, sintomas e como tratar

Sabe aquela sensação de estômago embrulhado? Muitas vezes, ela vem acompanhada de náusea, enjoo, arrotos e um desconforto no peito e na boca do estômago. Esses sintomas revelam que alguma das etapas do processo digestivo não funcionou como deveria, causando, assim, a indigestão.

Você já deve ter se sentido dessa forma após alguma refeição mais pesada e gordurosa ou até depois de ingerir algum alimento de procedência duvidosa. Assim, veja o que pode causar a má digestão:

  • Alimentos gordurosos;
  • Alimentos contaminados, mal preparados ou com excesso de produtos químicos;
  • Comer muito rápido;
  • Tomar muito líquido durante as refeições.

Por outro lado, além desses motivos, o Prof Dr. Carlos Machado, nefrologista e especialista em medicina geral e preventiva, explica que a “culpa” da má digestão pode não ser do alimento em si e, sim, do próprio funcionamento do sistema do indivíduo. “O organismo da pessoa pode ter um problema de má digestão, por exemplo. Então, a gente precisa de uma consulta médica de um clínico geral para verificar o que está acontecendo”, ressalta.

Principais sintomas

  • Enjoo;
  • Arrotos;
  • Náusea;
  • Desconforto no peito e na boca do estômago;
  • Sensação de estômago cheio;
  • Sonolência após as refeições.

Como tratar a indigestão?

Antes de tudo, é importante observar os sintomas e investigar a possível causa desse desconforto. Dessa forma, se for um fato isolado, busque se lembrar das suas últimas refeições: os alimentos estavam bem preparados? Eles estavam muito pesados em gorduras e temperos? Você está acostumado a consumi-los? Assim, você pode ter uma ideia do que desencadeou a indigestão e não repetir.

“Se você tem uma vez um sintoma isolado, você pode tomar um sintomático e resolver de uma maneira simples. Mas, na maioria das vezes, a gente precisa ter um acompanhamento médico”, reforça Machado.

Leia também: Alimentos que fazem bem para a saúde intestinal

Riscos

A indigestão pode significar somente um desconforto momentâneo, contudo, em alguns casos, ela chama a atenção para algo mais grave, como:

  • Gastrite;
  • Úlcera;
  • Refluxo;
  • Inflamação no pâncreas;
  • Inflamação na vesícula;
  • Cirrose;
  • Câncer no esôfago ou no estômago.

Sempre que possível, busque se consultar com um profissional — sobretudo se os seus sintomas digestivos forem frequentes. É importante ter um médico recorrente, pois ele realiza avaliações periódicas e, assim, consegue identificar com mais facilidade alguma irregularidade no seu organismo.

Como evitar a indigestão?

Acima de tudo, é melhor prevenir do que remediar, não é mesmo? Portanto, saiba o que você pode fazer para evitar o desconforto indesejado:

  • Lembre-se: Você é o que você come. Priorize alimentos saudáveis;
  • Diminua alimentos pouco nutritivos e muito industrializados ou gordurosos;
  • Mastigue bem os alimentos;
  • Faça acompanhamento médico.

Fonte: Prof Dr. Carlos Machado, nefrologista e especialista em medicina preventiva.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Por quanto tempo devo tomar vitamina C
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar vitamina C?

Aliada a imunidade e a beleza, a vitamina C está ligada a uma série de benefícios para a saúde. Veja recomendações sobre o consumo prolongado

montagem com as fotos de Wagner
Saúde

Ele já fez mais de 100 doações de sangue e plaquetas: “dar um pouco da minha saúde para quem precisa”

Conheça a história de Wagner Hirata, que tem as doações de sangue e plaquetas como um de seus propósitos de vida

neuralgia do trigêmeo
Saúde

Neuralgia do trigêmeo: doença que provoca uma das piores dores do mundo

Sintomas de doença são dores muito fortes e rápidas em apenas um lado do rosto, causando sensação de choque ou de um golpe muito forte