Ginástica localizada: o que é e quais são os benefícios

Bem-estar Movimento
10 de Agosto, 2020
Bianca Carolina Pichirilli
Revisado por
Educadora Física • CREF 144786-G/SP
Ginástica localizada: o que é e quais são os benefícios

Existem inúmeras modalidades de exercícios físicos para você escolher quando o assunto é manter o corpo em movimento. Uma delas é a ginástica localizada. Ou seja, um método de condicionamento físico que trabalha grupos musculares específicos. Assim, o objetivo da ginástica localizada é a tonificação dos músculos, aumentando a força e a resistência muscular. Além disso, ocorre uma melhora na função do sistema cardiovascular e a coordenação motora se desenvolve. 

Geralmente os exercícios de ginástica localizada duram de 45 minutos a uma hora. Assim, você gasta muita energia, o que pode ajudar a perder até 500 calorias por aula.

Ginástica localizada: benefícios

  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Tonifica os músculos;
  • Ajuda a reduzir o estresse;
  • Melhora a postura;
  • Fortalece os músculos, diminuindo os riscos de lesões;
  • Além disso, ajuda a manter a forma física;
  • Pode ser realizada por pessoas de todas as idades;
  • Favorece o desenvolvimento pulmonar e cardíaco;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Por fim, fornece energia;

Leia também: Zumba: mistura de aula e dança queima até mil calorias

Dicas para iniciar na ginástica localizada

Se você leu até aqui e ficou curioso para iniciar uma aula de ginástica localizada, veja algumas dicas que podem ajudar:

Saiba quais são seus objetivos

Pensar em quais são os seus objetivos antes de iniciar a prática é essencial. Dessa maneira, escolha os melhores exercícios que irão fortalecer os músculos que deseja tonificar ou te ajudar a perder calorias.

Alterne os treinos

Faça os exercícios de ginástica localizada alternando entre as extremidades e inferior. Assim, a aula não fica cansativa e você pode se recuperar nos dias seguintes.

Leia também: Cronologia: o que acontece com o corpo quando você começa a treinar

Avalie seu condicionamento físico

Por fim, para praticar a ginástica e obter todos os benefícios do exercício é importante avaliar o seu condicionamento físico. Então, procure um profissional da área para avaliar quais são os suas limitações. Mas, a quantidade de séries e repetições variam de acordo com os seguintes parâmetros:

  • Iniciante: 3 séries de 10 repetições sem carga ou com carga leve;
  • Intermediário: 4 séries de 12 repetições com carga média, testando seus limites;
  • Avançado: 5 séries de 15 repetições com uma carga gradual e testar seus limites ou executar movimentos até sua resistência.
https://www.youtube.com/watch?v=w6MIYHEqYOg

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

Chás pré e pós-treino
Alimentação Bem-estar

Chás pré e pós-treino: veja as melhores opções

O chá é a segunda bebida mais consumida mundialmente, depois da água, sendo o Brasil um dos maiores consumidores. De acordo com um balanço da Euromonitor

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Quando mudar a rotina de skincare
Beleza Bem-estar

Rotina de skincare: quando mudar os produtos? Dermatologista explica

Segundo a dermatologista, apesar da percepção, a pele continua se beneficiando da rotina