FSH: o que é, para que serve e porque fica alto ou baixo

Saúde
18 de Abril, 2022
FSH: o que é, para que serve e porque fica alto ou baixo

FSH: se você é mulher e adulta, é bem provável que essas 3 letras já tenham aparecido em algum pedido de exame do seu médico ginecologista. Mas o que é o FSH, para que serve o exame e o que significam seus resultados?

O que é FSH?

FSH é a sigla para hormônio folículo-estimulante, substância produzida na hipófise (uma glândula localizada na base do cérebro) e ligada à fertilidade. Sua função é a de estimular o ovário a produzir outro hormônio, chamado estradiol e, com isso, amadurecer os óvulos – que começam como folículos primordiais até se tornarem maduros.

Homens também produzem FSH. Neles, a função do hormônio é a de estimular a produção de espermatozoides. 

Para que serve o exame?

Por meio da dosagem desse hormônio no sangue, é possível avaliar uma série de problemas ligados à saúde reprodutiva: puberdade precoce ou atrasada, produção inadequada de óvulos, causas da menstruação atrasada, entre outros. 

Nos homens, a dosagem é um indicativo para avaliar impotência sexual, baixa contagem de espermatozoides e se os testículos estão funcionando corretamente. 

Como saber se o FSH está normal?

Há uma tabela de valores de referência para o FSH, que variam de acordo com a idade, o gênero, e, no caso das mulheres em idade fértil, com a fase do ciclo em que o exame é feito. 

Assim, para homens adultos, os valores considerados dentro do padrão são entre 1,4 e 13,8 mUI/mL. 

Mas, para mulheres, a tabela muda:

  • Fase folicular: 3,4 a 21,6 mUI/mL.
  • Ovulatória: 5,0 – 20,8 mUI/mL. 
  • Fase lútea: 1,1 – 14,0 mUI/mL. 
  • Menopausa: 23,0 – 150,5 mUI/mL.

“Na menopausa, os valores ficam elevados porque o cérebro entende que o ovário não está funcionando. Por isso, aumenta a produção de FSH para tentar fazer com que ele volte a funcionar”, explica a ginecologista Mariana Rosário, de São Paulo. 

Assim, o FSH alto indica, na maioria das vezes, que a mulher está entrando na menopausa. Por outro lado, se estiver em níveis baixos, a causa, geralmente, é o uso de anticoncepcionais. “Isso porque, neste caso, há um estímulo externo no organismo e o cérebro entende que não precisa gerar tanto hormônio para a produção de óvulos. Essa demanda já está vindo de fora”, explica a médica. 

“Portanto, estas são as principais causas de alteração no nível de FSH nas mulheres: falência ovariana precoce, menopausa e uso de anticoncepcional”, resume a ginecologista. 

Leia também: Vulvodínia: o que é, sintomas, tratamentos e causas

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Transplante de rim
Saúde

Transplante de rim: órgão doado faz falta? Quem pode doar? Entenda

Indicado para pessoas com doença renal crônica, transplante do novo órgão permite que o corpo volte a filtrar e eliminar líquidos e toxinas

Endometriose e saúde mental
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Endometriose e saúde mental: como cuidar de si mesma?

Desconfortos podem causar uma série de desafios emocionais, por isso é importante cuidar da saúde mental

Que horas o mosquito da dengue mais pica
Saúde

Que horas o mosquito da dengue mais pica?

Veja quais são os principais horários e como se prevenir da doença