Por que os exercícios físicos estão engordando você?

21 de fevereiro, 2020

Muitos começam a praticar exercícios físicos com a intenção de gastar o máximo de calorias. Segue uma dieta equilibrada e treina todos os dias. No entanto, ao subir na balança e ver que ganhou alguns quilos em vez de perder, o primeiro pensamento é “o que eu fiz de errado?”.

Embora seja provável que você entre em pânico ao ver um número maior, isso não é um sinal obrigatório de que o corpo esteja mais “gordo”. Ficou confuso? Se você estiver ganhando peso mesmo malhando muito, veja o que pode estar acontecer.

Retenção de líquido após o exercício 

Sabe aquele momento após o treino em que você está pingando de suor? Não fique animado e ache que perdeu alguns quilos, pois o corpo está apenas perdendo água devido ao suor. 

Leia também: Exercício aeróbico ou musculação: O que queima mais calorias?

Assim, a retenção de líquidos (que acontece normalmente após os exercícios físicos) faz o peso aumentar. O que você deve levar em consideração: a quantidade de água em seu sistema influencia fortemente o número que você vê na balança. Isso porque a água representa aproximadamente 65 a 90% do peso de uma pessoa, e a variação de água do corpo humano pode mudar o peso na balança.   

Ganho de massa magra com o treinamento de força

Algumas pessoas afirmam que o músculo pesa mais que a gordura. Entretanto, ao contrário desse pensamento, um quilo de gordura pesa o mesmo que um quilo de músculo. A diferença é que o volume de músculo é mais denso, então, mais pesado. 

Ao mudar sua composição muscular – construindo uma massa muscular mais densa e diminuindo a gordura corporal – o peso da balança pode aumentar, e o percentual de gordura diminuir. Dessa forma, as mudanças acontecem ao longo de semanas e meses. 

Ganho de peso de músculo x gordura

A balança não pode dizer exatamente quanto do seu peso corporal é músculo ou gordura. O que significa que, se o seu objetivo é melhorar seu nível de condicionamento físico, essa não é a melhor opção para medir seu progresso.

Leia também: Razões para incluir exercícios de alta intensidade no treino

Portanto, se você está tentando melhorar a forma física, deve ignorar a balança e prestar mais atenção às ferramentas de medição objetivas, como a composição corporal, para acompanhar o progresso.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.