Exaustão social: O que é e como combater

9 de janeiro, 2020

Você já se sentiu exausto de socializar com outras pessoas? Esse sentimento é comum. Porém, quando se torna exageradamente frequente e atrapalha o dia a dia, pode configurar em um transtorno chamado exaustão social.

A exaustão social acontece quando existe  um grande volume de exposição a diversos estímulos externos. Além dos estímulos naturais, também há agravantes, como a “hiperconexão”. A cada momento, somos bombardeados om um grande volume de informações, o que contribui com esse estresse.

Segundo a psicóloga Jussara Cavalcanti, da Clínica Maia, contribui para esse transtorno cobranças excessivas de qualquer ordem. Trabalho, família, estudos, preocupação com prazos, compromissos, uso inadequado de tecnologia, a chamada “hiperconexão” já citada, ou até uma vida social agitada. Tudo isso pode gerar aumento da ansiedade e desestabilização emocional.

Diante disso, quem sofre de exaustão social acaba se isolando. Isso acontece porque, quando atinge o ápice do transtorno, mesmo sem perceber, a pessoa pode se sentir incapaz de dar conta de todos os estímulos ao qual está exposta.

Assim, em muitos casos, com medo de não conseguir ter respostas, busca o isolamento como forma de se preservar dessas situações.

Exaustão social e outros transtornos

Na realidade, a exaustão social pode ser um fator para a ansiedade e depressão. Quem não lida bem com os estímulos que recebe pode se isolar, comprometer a autoestima e, como consequência, desenvolver uma tristeza profunda.

Leia também: Ansiedade: O que é, sintomas e como controlar

“Já no que diz respeito à ansiedade, esta também pode advir da exaustão, uma vez que a pessoa tem uma necessidade desenfreada em responder a tudo e a todos, está sempre atenta a cada mensagem e estímulo que recebe. Alguns indivíduos chegam a ter palpitações, sudorese, tontura, entre outros sintomas, quando se sentem desconectados, agravando ainda mais o quadro de ansiedade” explica a psicóloga.

Desse modo, de acordo com a especialista, algumas pesquisas já relacionaram o uso excessivo de tecnologias ao estresse.

Diferença entre exaustão social e timidez

É comum confundir exaustão social com a timidez. No entanto, uma pessoa que desde a infância se mostrou mais quieta, tímida e retraída pode ter esta característica como um traço de sua personalidade – que pode ou não ser agravado por excesso de exaustão social. São inúmeros os fatores que podem influenciar esse comportamento. Por isso, o diagnóstico de um especialista é fundamental.

Sendo assim, existem outros aliados no tratamento que podem ajudar a lidar com a exaustão social. Como meditação, atividade física, yoga, passeios ao ar livre, investir na qualidade do sono e controlar a frequência de uso da tecnologia.

Fonte: Jussara Cavalcanti, psicóloga da Clínica Maia e especialista no atendimento e acolhimento infantil, adolescente e familiar.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.