Estiramento muscular: O que é, sintomas e como tratar

Bem-estar Movimento
06 de Novembro, 2020
Estiramento muscular: O que é, sintomas e como tratar

A maioria das pessoas que praticam exercícios físicos estão expostas a lesões. Como o estiramento muscular, uma lesão leve que ocorre quando as fibras musculares se esticam além dos limites normais.

Geralmente, o estiramento é causado por descuido do atleta, que pode ser resultado de movimentos feitos da maneira incorreta, sobrecarga e fadiga muscular, postura inadequada durante a corrida, diferença de comprimento de membros inferiores e diminuição da amplitude de movimento. Portanto, a falta de flexibilidade pode ser vista como a maior consequência desta lesão.

Leia também: Lesão por esforço repetitivo (LER): Como tratar e evitar

Sintomas do estiramento muscular

Os sintomas de estiramento surgem assim que há o alongamento excessivo dos músculos. De acordo com a gravidade da lesão, o estiramento pode atingir três graus:

  • Primeiro grau: Há estiramento de um pequeno número de fibras musculares, portanto, mas não ocorre a ruptura. Sendo assim, a dor é mais leve e para depois de mais ou menos uma semana; 
  • Segundo grau: O número de fibras atingidas pela lesão chega de 5% a 50% do músculo. Desse modo, a dor também é leve, mas o indivíduo pode ter hemorragia e um processo inflamatório no local. 
  • Terceiro grau: Caracteriza-se pela ruptura total de um músculo ou tendão. A dor pode variar de variada a muito intensa, provocada por poucas contrações no músculo.

A musculatura interna, posterior e anterior da coxa e das panturrilhas são as mais afetadas pelo estiramento. 

Leia também: Tendão de Aquiles: Saiba como tratar e prevenir lesões

Tratamento

O tratamento depende dos sintomas apresentados, resultados dos exames e nível de gravidade da ruptura. 

Contudo, na maioria das vezes o médico pode indicar anti-inflamatórios, fisioterapia e aplicação de gelo e a 4 vezes por dia, a fim de reduzir as dores. Além disso, também é fundamental que o paciente permaneça em repouso.

Após essas recomendações, o ideal é realizar exercícios de recuperação funcional com a orientação  de um profissional, para restaurar a estabilidade funcional e o padrão de movimento.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

benefícios da banana
Alimentação Bem-estar Saúde

Quais são os benefícios da banana para a saúde? Veja lista e receitas saudáveis

A banana é amiga do intestino, além de ser eficiente na prevenção de cãibras. Veja outros benefícios da fruta!

horário para treinar
Bem-estar Movimento Saúde

Estudo revela melhor horário para pessoas com obesidade treinaram

O estudo da Universidade de Sidney identificou benefícios do treino noturno para a saúde do coração

Chás pré e pós-treino
Alimentação Bem-estar

Chás pré e pós-treino: veja as melhores opções

O chá é a segunda bebida mais consumida mundialmente, depois da água, sendo o Brasil um dos maiores consumidores. De acordo com um balanço da Euromonitor