Chá de espinheira santa: benefícios e como consumir

Alimentação Bem-estar
23 de Outubro, 2023
Chá de espinheira santa: benefícios e como consumir

Nativa da América do Sul e facilmente encontrada na região sul do Brasil, a espinheira santa é uma planta muito consumida em forma de chá. Assim, o chá de espinheira santa possui uma coleção de propriedades, entre as quais se destaca a epigalocatequina, que possui ação cicatrizante sobre úlceras estomacais. Por isso, seu consumo é aliado de tratamentos para esse tipo de problema.

Benefícios do chá de espinheira santa: Para que serve 

Ajuda a evitar e tratar a gastrite

Os taninos (entre eles, a epigalocatequina) da planta diminuem a secreção do ácido clorídrico pelas células do estômago. Assim, como consequência, alivia o desconforto da gastrite.

Leia também: Chás: Conheça diferentes tipos e benefícios dessas bebidas

Espinheira santa tem poder cicatrizante 

Os ácidos tônico e silício possuem a ação antisséptica e cicatrizante. Por isso, é comum que alguns cosméticos naturais e produtos manipulados contenham óleo para acalmar a pele. Além disso, em forma de chá, ajuda a aliviar os sintomas de gripes e resfriados.

Eficaz no tratamento contra úlcera estomacal

Por causa de seu poder cicatrizante, o chá é amplamente utilizado no tratamento contra úlcera. Ou seja, os taninos da planta controlam a produção de ácido clorídrico do órgão, que é responsável por ferir o tecido. Também tem propriedades analgésicas, então alivia as dores e desconfortos desse problema. 

Chá de espinheira santa alivia gases

Os taninos também são responsáveis por amenizar os gases. As substâncias interrompem as fermentações gastrointestinais e, portanto, melhoram o trânsito intestinal em conjunto com uma enzima chamada mucilagem. 

Efeito diurético

O chá de espinheira santa aumenta a produção de urina devido a presença de triterpenos na composição. Assim, essa ação contribui com a redução da retenção de líquido e sensação de inchaço. 

Quando e como tomar consumir o chá de espinheira santa

A quantidade sugerida é até três xícaras de chá por dia. Além disso, é possível encontrar a planta em forma de cápsulas e extratos, apesar de ser menos comum. Nessa versão, geralmente é recomendado tomar duas cápsulas por três vezes ao dia. Por último, há a opção de consumir a espinheira santa por meio de seu extrato, com 20 gotas diluídas em um copo de água

No caso da versão em chá, pode ser consumida após as refeições para facilitar a digestão e prevenir possíveis desconfortos. 

Quanto tempo leva para a espinheira santa fazer efeito?

A ação do chá de espinheira santa costuma ser rápida. Entre 15 a 30 minutos, a bebida já apresenta resultados com relação ao alívio dos problemas gastrointestinais. Porém, para resultados mais efetivos, deve-se manter o chá na rotina por no mínimo 6 meses, mas lembre-se de contar com ajuda médica ou nutricional.

Cuidados no consumo de chá de espinheira santa:

Mesmo com a origem natural e diversos benefícios, o chá de espinheira santa não deve ser consumido sem indicação médica. Isso porque o seu consumo pode gerar reações alérgicas graves e efeitos colaterais indesejados, como enjoo, náuseas e sensação de boca seca.

O uso da bebida também é contraindicado para grávidas, tentantes, lactantes (mulheres que amamentam) e crianças devido a falta de estudos que comprovem a segurança do consumo. Especialmente em gestantes, o consumo do chá pode gerar contrações uterinas e até abordo. Por fim, na fase de amamentação a erva pode reduzir a produção de leite materno. 

Como fazer o chá de espinheira santa? 

Para preparar a bebida, siga as recomendações abaixo:

Ingredientes 

  • 3 folhas secas de espinheira santa
  • 200 ml de água

Modo de preparo

  • Misture 3 folhas secas espinheira santa em 200 ml de água quente;
  • Abafe o recipiente para que a água absorva mais rapidamente os nutrientes das folhas;
  • Aguarde no mínimo 10 minutos;
  • Coe as folhas secas da bebida. Assim, se preferir, use uma peneira para deixar a água livre;
  • Está pronto! Agora é só tomar o seu chá de espinheira santa. Por fim, se preferir, acrescente adoçante e consuma três vezes ao dia antes das refeições. 

Fontes: Geovanna Barreto e Juliana Belmont, nutricionistas da Clínica NutriCilla.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Por quanto tempo devo tomar ômega
Alimentação Bem-estar

Por quanto tempo devo tomar Ômega 3?

Muitas pessoas se perguntam: Por quanto tempo devo tomar ômega 3? Veja recomendações importantes sobre o consumo prolongado

Por quanto tempo devo tomar vitamina C
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar vitamina C?

Aliada a imunidade e a beleza, a vitamina C está ligada a uma série de benefícios para a saúde. Veja recomendações sobre o consumo prolongado

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond