Doença hepática: saiba os sintomas quando o fígado não está bem

Saúde
19 de Agosto, 2022
Doença hepática: saiba os sintomas quando o fígado não está bem

O fígado é o órgão responsável por metabolizar toxinas e secreções do organismo, além de produzir os principais tipos de proteínas e a bile, a substância que auxilia na digestão de gorduras. Dessa forma, quando o funcionamento não vai bem é preciso ter atenção redobrada por suspeita de doença hepática, uma condição que pode ser genética ou causada por fatores que danificam o fígado e podem levar à insuficiência hepática. 

Sintomas da doença hepática

Os sintomas podem variar entre cada pessoa. Assim, confira os principais:

  • Urina escura;
  • Vômitos;
  • Náuseas;
  • Perda de apetite;
  • Pele e os olhos amarelados (icterícia);
  • Dores abdominais;
  • Coceira;
  • Inchaço nas pernas e tornozelos;
  • Fezes claras ou esbranquiçadas. A falta de tratamento pode levar à insuficiência hepática com risco de morte para o doente. 

Causas da doença hepática

A condição pode surgir a partir de deficiências no sistema imunológico, abuso de álcool, infecções por vírus. Além disso, existem outras situações que inflamam o órgão ou aumentam o acúmulo de gordura. Portanto, veja, a seguir: 

Hepatites virais

  • Hepatite A: infecção hepática e contagiosa causada por bebidas e alimentos contaminados com o vírus. Não causa dano a longo prazo.
  • Hepatite B: acomete as células e é originada do vírus (VHB). A infecção é sexualmente transmissível e também pode ser contraída através de agulhas, alicates contaminados e transfusões de sangue. Casos graves podem deixar cicatrizes no órgão, além de causar câncer e insuficiência.
  • Hepatite C: pode não ter sintomas perceptíveis, mas se espalha através do sangue ou fluidos corporais da pessoa infectada

Hereditariedade

Acontece devido a condições herdadas da própria família, como por exemplo, a doença de Wilson, hemocromatose e a deficiência de alfa-1 antitripsina.

Imunidade

O sistema imunológico trabalha de forma errada e ataca as células do fígado sem motivo. Ou seja, esta “falha” do organismo pode desencadear a hepatite autoimune, a colangite biliar primária e a colangite esclerosante primária.

Álcool e drogas

A cirrose, doença caracterizada pelo acúmulo de cicatrizes no fígado, é causada pelo excesso de bebidas alcoólicas, drogas ou medicamentos. Desse modo, casos graves podem levar o paciente a um quadro de insuficiência hepática aguda.

Como prevenir?

  • Vacina contra hepatites;
  • Atividade física e controle do peso;
  • Consumo de álcool e medicamentos com moderação;
  • Preservativo durante relações sexuais;
  • Não compartilhar objetos pessoais.

Leia também: Elastografia hepática: o que é, para que serve e como funciona

Tratamento da doença hepática

A maior parte das doenças hepáticas são crônicas, ou seja, podem não desaparecer nunca. Mas os tratamentos medicamentosos, com o uso de Cetoconazol, Nimesulida e Diazepam, amenizam os sintomas e oferecem uma melhor qualidade de vida. Lembrando que o diagnóstico e as indicações devem ser feitas pelo médico hepatologista. A partir de exames específicos, como exames de sangue, testes de função, tomografia, ressonância e biópsia, o profissional traça o melhor cuidado para a doença.

Por fim, em casos mais simples, mudanças no estilo de vida podem ser suficientes para o controle. Além da dieta equilibrada, aumentar a ingestão de água e evitar ingerir álcool já trazem bons resultados.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

benefícios da banana
Alimentação Bem-estar Saúde

Quais são os benefícios da banana para a saúde? Veja lista e receitas saudáveis

A banana é amiga do intestino, além de ser eficiente na prevenção de cãibras. Veja outros benefícios da fruta!

horário para treinar
Bem-estar Movimento Saúde

Estudo revela melhor horário para pessoas com obesidade treinaram

O estudo da Universidade de Sidney identificou benefícios do treino noturno para a saúde do coração

Uso de Ozempic e anestesia
Saúde

Uso de Ozempic e anestesia: pacientes precisam de cuidados especiais

Medicamentos aumentam o risco de aspiração pulmonar durante o procedimento. Entenda!