DIU Engorda? Ginecologista explica

Bem-estar Saúde
14 de Abril, 2023
DIU Engorda? Ginecologista explica

O DIU é um dos métodos contraceptivos mais queridinhos do momento. Além de ser altamente eficaz, esse método exige pouca manutenção e não interfere na espontaneidade da relação sexual. Contudo, assim como os anticoncepcionais, algumas mulheres acreditam que o DIU engorda e acabam evitando colocá-lo. Mas será que esse método contraceptivo pode elevar o peso na balança? Continue lendo e entenda. 

Veja também: Testosterona também é coisa de mulher: conheça os benefícios do hormônio

DIU engorda? 

Antes de mais nada, é preciso entender que existem dois tipos de DIUos hormonais e os não hormonais e cada um atua de uma forma no organismo feminino. O DIU não hormonal pode ser de prata e de cobre, sendo que este último é o mais conhecido. Já os hormonais são Kyleena e Mirena.

De acordo com a Dra. Yara Caldato, o DIU não hormonal não apresenta nenhuma influência no ganho de peso. Porém, já aqueles que são hormonais (Kyleena e Mirena), utilizam compostos como levonorgestrel, substância anticoncepcional que pode ter efeito no aumento de peso e até mesmo no surgimento de acnes. 

Contudo, a médica tranquiliza as pacientes quanto ao impacto desse efeito: “o DIU hormonal pode causar surgimento de acnes ou aumento de peso, porém esses sintomas não são comuns e há como ser feito o manejo desses efeitos de maneira eficaz”, afirma. 

Como evitar ganhar peso com métodos contraceptivos?

A dosagem hormonal encontrada nos métodos contraceptivos como Mirena ou Kyleena é bem baixa e tem efeito principalmente local, ou seja, no útero. Porém, a Dra. Yara explica que algumas pacientes podem apresentar sensibilidade a esses hormônios e sofrer influência mesmo em contato com baixas doses. 

A verdade é que ainda não há um consenso claro sobre os efeitos do DIU hormonal e são necessárias mais pesquisas para entender o método contraceptivo como um todo. Dessa forma, a médica ressalta que a melhor forma de equilibrar a balança é mantendo uma boa alimentação, apostar na atividade física e manter um estilo de vida mais saudável. Assim, essa recomendação vale tanto para pacientes que possuem o DIU hormonal, como também para aquelas que usam o método não hormonal.

Por fim, caso haja desconforto com relação ao método contraceptivo, vale procurar um médico ginecologista para reavaliá-lo. 

Afinal, qual é o melhor método contraceptivo para você? 

Escolher um método contraceptivo para chamar de seu deve exigir uma consulta com um médico ginecologista. É esse profissional que pode analisar o histórico de saúde, avaliar doenças prévias, sintomas relacionados ao período menstrual, o fluxo menstrual e toda a rotina da mulher como um todo.

Outro ponto que é frequentemente avaliado pelos médicos é entender se há desejo de engravidar. A partir dessa visão completa, é possível optar pelo contraceptivo mais adequado para cada mulher, ponderando os pontos positivos e negativos de cada um.

Fontes: 

Sobre o autor

Tayna Farias
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em gravidez e maternidade

Leia também:

montagem com as fotos de Wagner
Saúde

Ele já fez mais de 100 doações de sangue e plaquetas: “dar um pouco da minha saúde para quem precisa”

Conheça a história de Wagner Hirata, que tem as doações de sangue e plaquetas como um de seus propósitos de vida

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

neuralgia do trigêmeo
Saúde

Neuralgia do trigêmeo: doença que provoca uma das piores dores do mundo

Sintomas de doença são dores muito fortes e rápidas em apenas um lado do rosto, causando sensação de choque ou de um golpe muito forte