Dieta do guerreiro: O que é e como fazer

Alimentação Bem-estar
13 de Dezembro, 2019
Dieta do guerreiro: O que é e como fazer

A dieta do guerreiro é uma maneira de comer que alterna longos períodos de pouca ingestão de alimentos com pequenas janelas de excessos. Esse estilo de jejum intermitente foi promovido como uma maneira eficaz de perder peso e melhorar os níveis de energia e a clareza mental.

A metodologia foi criada em 2001 por Ori Hofmekler, um ex-membro das Forças Especiais de Israel, que fez a transição para o campo de condicionamento físico e nutrição.

Esse plano alimentar é considerado um tipo de jejum intermitente, um termo genérico para padrões alimentares que incluem períodos de ingestão calórica reduzida por um período definido. Assim, a dieta do guerreiro é baseada nos padrões alimentares de guerreiros antigos, que consumiam pouco durante o dia e depois festejavam de noite.

Segundo seu fundador, ela foi projetado para “melhorar a maneira como comemos, sentimos, executamos e visualizamos”, estressando o corpo por meio da ingestão reduzida de alimentos, desencadeando “instintos de sobrevivência”.

Contudo, o próprio Ori Hofmekler reconhece que a dieta do guerreiro é baseada em suas próprias crenças e observações – não estritamente na ciência.

Leia também: Jejum Intermitente: O que é, como fazer e quais os benefícios

Como fazer

As pessoas que seguem a dieta não se alimentam por 20 horas por dia e consomem a quantidade de comida desejada pela noite.

Durante o período de jejum de 20 horas, os seguidores são incentivados a consumir pequenas quantidades de produtos lácteos, ovos cozidos, frutas e vegetais crus, além de muitos líquidos não calóricos.

Após 20 horas, é permitido comer qualquer alimento que desejarem dentro de uma janela de quatro horas. No entanto, são indicadas escolhas alimentares não processadas, saudáveis ​​e orgânicas.

Seguidores da dieta do guerreiro afirmam que esse método queima gordura, melhora a concentração, aumenta os níveis de energia e estimula o reparo celular.

Leia também: Treinar com o estômago vazio queima o dobro de gordura

Descubra seu peso ideal. É grátis! Saiba se seu peso atual e sua meta de peso são saudáveis com Tecnonutri.
cm Ex. 163 kg Ex. 78,6

Benefícios da dieta do guerreiro 

A dieta em específico não tem nenhuma pesquisa de seus métodos exatos, mas o jejum intermitente sim.

Embora seja um pouco mais extrema que outros tipos mais comuns de jejum intermitente, como o método 16:8 (jejuar por 16 horas e depois comer nas 8 horas restantes), é simplesmente uma versão mais rígida desse estilo alimentar. 

Assim, pode-se argumentar que os benefícios associados ao jejum intermitente também se aplicam à dieta do guerreiro.

  • Redução dos níveis de insulina e glicemia;
  • Queima da gordura abdominal;
  • Maior concentração do hormônio do crescimento (GH);
  • Efeito cardioprotetor (redução do colesterol total, LDL-colesterol, triglicerídeos, controle da pressão arterial);
  • Redução do risco de Obesidade, Diabetes tipo 2 e doenças neurodegenerativas (Alzheimer e Parkinson);
  • Combate à inflamação;
  • Aumento da expectativa de vida;
  • Diminuição o nível de gordura no sangue e fígado.

Desvantagens

Apesar de os benefícios potenciais para a saúde da dieta do guerreiro, há algumas desvantagens nessa maneira de se alimentar. 

Uma das limitações mais óbvias é que ela restringe o tempo durante o qual se pode comer refeições substanciais por um período de quatro horas. Isso pode ser difícil, especialmente quando se participa de atividades sociais, como sair para almoçar. 

Também, enquanto algumas pessoas podem se sentir bem ao consumir quantidades muito pequenas de calorias durante um período de 20 horas, outras podem achar que esse modo de comer não é ideal para seu estilo de vida.

Da mesma forma, esse tipo de jejum intermitente é inadequado para muitas pessoas, incluindo:

  • Crianças;
  • Mulheres grávidas ou amamentando;
  • Pessoas com doenças como diabetes tipo 1, insuficiência cardíaca ou certos tipos de câncer;
  • Atletas extremos;
  • Pessoas com distúrbios alimentares ou histórico de distúrbios alimentares;
  • Quem está abaixo do peso.

Algumas pessoas podem jejuar sem efeitos negativos. No entanto, tem quem experimente efeitos colaterais desagradáveis, como insônia, ansiedade, períodos perdidos e distúrbios na saúde reprodutiva.

Por fim, a dieta do guerreiro pode levar a comportamentos de compulsão, especialmente naqueles em risco de desenvolver desordem alimentar. Embora Ori Hofmekler defenda que é preciso saber parar de comer “quando você estiver satisfeito”, isso pode não se traduzir em práticas alimentares saudáveis ​​para todos.

Leia também: Quem faz jejum intermitente vive mais, diz estudo

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Chás pré e pós-treino
Alimentação Bem-estar

Chás pré e pós-treino: veja as melhores opções

O chá é a segunda bebida mais consumida mundialmente, depois da água, sendo o Brasil um dos maiores consumidores. De acordo com um balanço da Euromonitor

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Quando mudar a rotina de skincare
Beleza Bem-estar

Rotina de skincare: quando mudar os produtos? Dermatologista explica

Segundo a dermatologista, apesar da percepção, a pele continua se beneficiando da rotina