Dentes sensíveis: conheça as causas e o que fazer

Saúde
01 de Dezembro, 2022
Dentes sensíveis: conheça as causas e o que fazer

Basta apreciar um sorvete ou tomar um cafezinho, por exemplo, para sentir o temido incômodo nos dentes. Se você enfrenta esse problema, saiba que a sensibilidade dentária é muito comum. De acordo com a Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (USP), 6 em cada 10 pessoas possuem dentes sensíveis. 

Contudo, isso não quer dizer que você deva deixar esse sintoma pra lá e suportar as dores ao ingerir determinado alimento ou uma bebida específica. A seguir, conheça os principais motivos dos dentes sensíveis e como tratá-los. 

Veja também: Afinal, remédios podem prejudicar a saúde bucal?

O que provoca a sensibilidade dentária?

Segundo Talita Dantas, cirurgiã-dentista e doutora em Reabilitação Oral, a sensibilidade ocorre devido à exposição de uma estrutura do dente chamada dentina. A princípio, os dentes se tornam sensíveis por dois motivos: retração da gengiva ou desgaste do esmalte dentário. 

“Dessa forma, a pessoa sente dor ou intenso desconforto ao ingerir alimentos frios, quentes, ácidos ou amargos”, afirma a especialista. 

Principais motivos para os dentes sensíveis

Talita explica que existem diversos fatores para o desenvolvimento da sensibilidade. “Alimentação, refluxo gastroesofágico e traumas variados [por exemplo, bruxismo ou pancadas] são as causas mais comuns dos dentes sensíveis”, aponta.

A seguir, confira as razões de cada situação:

Alimentação: ter uma dieta rica em alimentos ácidos, como refrigerantes, café, frutas cítricas e demais produtos industrializados que estimulam a acidez bucal pode causar o desgaste do esmalte. 

Refluxo gastroesofágico: a condição, que gera o escape do suco gástrico para a garganta e boca, também pode corroer a estrutura dentária. Afinal, o líquido estomacal é altamente ácido. Portanto, se você convive com o problema, é importante tratá-lo com um gastroenterologista.

Traumas: acidentes que envolvem quedas e batidas podem ser responsáveis pela sensibilidade dentária. Além disso, um distúrbio bem frequente e ligado aos dentes sensíveis é o bruxismo. O transtorno causa o ranger de dentes involuntário que, como resultado, deixa a dentina exposta pelo atrito. De forma geral, o estresse e a ansiedade contribuem para o quadro, que ainda pode causar dores ao mastigar e abrir a boca. 

Escovação inadequada: se você escovar os dentes com muita força, utilizar escovas com cerdas muito duras e afundar demais o fio dental durante a limpeza, pode ser uma vítima da sensibilidade. Todos estes hábitos repetidos por um longo tempo machucam a gengiva, resultando na retração.

Como prevenir os dentes sensíveis?

A Dra. Talita recomenda a visita periódica ao dentista, que ajuda a identificar o início do desgaste dentário. “Tanto a prevenção quanto o tratamento exigem a revisão do comportamento que está causando o problema. Por exemplo, trocar a escova por uma com cerdas macias, aprender a passar o fio dental e evitar o excesso de alguns alimentos ajudam nesse sentido”, comenta.

Outra forma de proteger os dentes é utilizar cremes dentais e enxaguantes especialmente criados para essa finalidade, como os da linha elmex Sensitive, que contam com tecnologia suíça avançada para alívio imediato e proteção prolongada da hipersensibilidade dental.

Tratamento em casos delicados

Quando a dentina está muito desprotegida, os episódios de dor ao comer se tornam frequentes e extremamente incômodos. Nesses casos, Talita afirma a necessidade de algumas intervenções para corrigir a sensibilidade. 

“Além de avaliar as causas, precisamos identificar se a lesão está na gengiva ou no esmalte dentário. Assim, podemos realizar o recobrimento radicular da gengiva com enxerto ou restauração com resina para proteger a estrutura dental”, conclui. 

Não deixe de buscar ajuda profissional

Muitas pessoas se acostumam com a sensibilidade e adiam a visita ao dentista. No entanto, negligenciar a situação pode agravar o transtorno, que leva a procedimentos mais complexos, como a necessidade de um canal e até mesmo a extração de um ou mais dentes. 

Leia também:

montagem com as fotos de Wagner
Saúde

Ele já fez mais de 100 doações de sangue e plaquetas: “dar um pouco da minha saúde para quem precisa”

Conheça a história de Wagner Hirata, que tem as doações de sangue e plaquetas como um de seus propósitos de vida

neuralgia do trigêmeo
Saúde

Neuralgia do trigêmeo: doença que provoca uma das piores dores do mundo

Sintomas de doença são dores muito fortes e rápidas em apenas um lado do rosto, causando sensação de choque ou de um golpe muito forte

Reynaldo Gianecchini
Saúde

Reynaldo Gianecchini revela diagnóstico de doença autoimune

A síndrome de Guillain Barré causa fraqueza e dificuldades para mover os braços e as pernas