Saiba como cuidar da pele durante o tratamento de câncer

Beleza Bem-estar
13 de Outubro, 2022
Saiba como cuidar da pele durante o tratamento de câncer

Pessoas que passam por sessões de quimioterapia ou radioterapia precisam tomar certos cuidados com a pele no tratamento de câncer, para que a barreira cutânea se mantenha saudável ao longo de todo o processo.

De acordo com o dermatologista Jose Roberto Fraga Filho, além da queda de cabelo, o efeito colateral mais comum dessas medicações em relação à beleza costuma ser o ressecamento da pele – problema que também pode fazer mal para a saúde.

Para evitar qualquer complicação ao longo do tratamento de câncer, o profissional indicou algumas orientações para cuidar da pele. Veja a seguir!

Leia também: Como é feito o tratamento de radioterapia?

Efeitos da quimio e radioterapia na pele

Fraga explica que a quimioterapia é um tratamento feito através de uma droga injetada na corrente sanguínea, que tem como objetivo combater as células cancerígenas e curar o câncer do paciente.

Por ser uma medicação forte, contudo, os pacientes enfrentam uma série de efeitos colaterais. Alguns deles são: diarreia, feridas na boca, náuseas, vômitos e a queda de cabelo, que se chama eflúvio anágeno – processo na qual há uma perda temporária dos fios.

Leia também: Quimioterapia: o que é, como é feita e quais são os efeitos colaterais mais comuns

Além disso, a autoestima das pessoas em tratamento também é prejucada devido ao ressecamento e descamação de pele por conta da quimio.

Estes, por sua vez, ainda podem levar a problemas maiores já que, se houver uma quebra na barreira de proteção da pele, é possível acontecer a entrada de bactérias no organismo, levando a infecções.

“A radioterapia, diferente da quimio, é um tratamento localizado, onde são aplicadas radiações ionizantes na área do tumor com o objetivo de levar as células malignas à morte.”

“Como efeito colateral em quase 100% dos casos, temos uma queimadura superficial da pele com escurecimento, chamada radiodermite. Este, contudo, também é um processo temporário, mas que pode deixar uma mancha escura no local da aplicação sem os cuidados necessários”, completa o médico.

Leia também: Saiba tudo sobre o tratamento que diminui queda de cabelo durante a quimio

Cuidados com a pele no tratamento de câncer

De acordo com Fraga, ao longo do tratamento de câncer o dermatologista pode ajudar o mastologista a diminuir os efeitos do tratamento. Dessa forma, é possível que o paciente tenha menor desconforto ao longo dessa fase.

Sendo assim, as orientações do profissional são, basicamente, manter a boa hidratação do corpo:

  • Tomar de dois a três litros de água por dia;
  • Fazer a hidratação da pele com cremes e óleos para a pele ressecada;
  • Evitar banhos quentes e demorados.

Leia também: Simony opta por crioterapia em seu tratamento de câncer

Vale dizer, ainda, que diferente do câncer de pele, onde os raios do sol são o grande vilão, para os outros tipos de câncer não há essa relação.

“Durante o tratamento, contudo, deve-se evitar a exposição solar exagerada . A pele está com suas defesas diminuídas e isso sim pode levar a um câncer de pele no futuro”, finaliza o médico.

Fonte: Dr. Jose Roberto Fraga Filho, médico dermatologista.

Sobre o autor

Ana Paula Ferreira
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em beleza e bem-estar.

Leia também:

Chás pré e pós-treino
Alimentação Bem-estar

Chás pré e pós-treino: veja as melhores opções

O chá é a segunda bebida mais consumida mundialmente, depois da água, sendo o Brasil um dos maiores consumidores. De acordo com um balanço da Euromonitor

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Quando mudar a rotina de skincare
Beleza Bem-estar

Rotina de skincare: quando mudar os produtos? Dermatologista explica

Segundo a dermatologista, apesar da percepção, a pele continua se beneficiando da rotina