Crises de rinite: veja dicas para controlá-las durante o frio

Saúde
26 de Junho, 2023
Crises de rinite: veja dicas para controlá-las durante o frio

As crises de rinite são mais frequentes quando o frio dá as caras. Basta a temperatura cair para os sintomas típicos do quadro se manifestarem com mais intensidade. Afinal, por que a rinite “ataca” nessa época do ano?

De acordo com Marcele Fernandes, otorrinolaringologista do Hospital CEMA, a culpa não é só do frio, mas de outros fatores em conjunto, como a umidade do ar, que fica menor. “Isso prejudica mais facilmente as vias aéreas superiores (nariz, ouvido, garganta) e inferiores (pulmões). Além disso, temos nas grandes cidades um índice de poluição elevado, o que agrava o cenário”, detalha.

Então, já que é inevitável que as baixas temperaturas piorem as crises rinite, o que é possível fazer para minimizá-las?

Veja também: Automedicação no inverno aumenta no inverno e traz riscos à saúde

Dicas para prevenir ou diminuir as crises de rinite no frio

Faça lavagem nasal

Caso você vá ao médico se queixando de rinite, certamente ouvirá esse conselho. Se for possível,  a especialista recomenda que se lave o nariz diariamente com soro fisiológico, algumas vezes por dia. A lubrificação umidifica as vias aéreas e pode ajudar a prevenir as crises.

Prepare sua casa

O ambiente limpo e arejado é essencial na vida de quem convive com alergias como a rinite. “Isso evita o acúmulo de poeira, ácaro e mofo, que piora os quadros alérgicos”, fala Marcele. Além disso, mantenha o chão e a mobília sempre limpos, evite cobertores de lã, cortinas e bichos de pelúcia. Caso tenha pets, não deixe que eles subam em áreas de descanso — sofás, camas e cadeira, por exemplo.

Hidrate-se

No frio, a tendência é beber pouca água, pois a sede diminui. Contudo, a hidratação começa de dentro para fora. Então, beba entre 6 e 8 copos de água por dia. Uma dica é sempre ter uma garrafinha por perto para não se esquecer do hábito.

Lave as roupas de inverno

Como o vestuário para o frio costuma ficar muito tempo guardado, é importante lavá-lo para remover poeira e ácaros, que interferem no equilíbrio do sistema respiratório. O mesmo vale para roupas, lençóis e cobertores que estão sem uso há muito tempo.

Alimente-se bem

As crises de rinite não ocorrem somente por fatores alérgenos, mas devido à baixa imunidade. Portanto, priorize uma boa alimentação, rica em frutas, verduras, legumes, cereais, sementes e grãos para fortalecer o sistema imunológico.

Descanse adequadamente

Se possível, por volta de oito horas por noite. Afina, uma boa noite de sono também ajuda a proteger a imunidade.

Descubra o que causa suas crises de rinite

Os alérgicos precisam saber quais são os alérgenos que pioram as crises. Existem exames médicos capazes de identificar isso. Caso ainda não saiba, faça essa avaliação. Se você já conhece seu “inimigo”, a dica é evitá-lo a todo custo.

Vá ao médico para diagnosticar e tratar as crises de rinite

Mesmo que os episódios ocorram apenas no frio e em ocasiões específicas, o atendimento médico permite o diagnóstico correto e o tratamento para controlar o problema. Às vezes, o profissional pode indicar medicamentos antialérgicos para aliviar o desconforto e até preveni-lo.

Por fim, se você tem febre durante uma rinite, é sinal de que pode ser um quadro infeccioso e não uma simples crise. Então, é fundamental procurar ajuda médica para avaliar o que está havendo.

 

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

dores nos glúteos e problemas na coluna
Saúde

Dores nos glúteos sinalizam problemas na coluna, diz especialista

Pesquisa aponta problemas na coluna como uma das principais causas de afastamento do trabalho

benefícios da banana
Alimentação Bem-estar Saúde

10 benefícios da banana que provavelmente você não conhece (mais receitas)

A banana é amiga do intestino, além de ser eficiente na prevenção de cãibras. Veja outros benefícios da fruta!

perda muscular
Bem-estar Movimento Saúde

Perda muscular compromete a recuperação do paciente  

A sarcopenia, a perda de massa muscular e da força, aumenta o risco de complicações em diversos quadros