Creatina engorda ou emagrece? Entenda função do suplemento

Alimentação Bem-estar
21 de Setembro, 2022
Creatina engorda ou emagrece? Entenda função do suplemento

A creatina é um dos suplementos alimentares mais conhecidos. Ela está presente, principalmente, na rotina de atletas e pessoas que praticam exercícios de força mais intensos justamente por ser uma aliada nos treinos e no ganho de massa magra. Uma dúvida recorrente de quem vai começar a suplementação é se creatina engorda ou emagrece. A nutricionista Amanda Figueiredo explica qual a função do produto, os benefícios e a maneira certa de consumi-lo.

“A creatina é um aminoácido que fornece energia para a contração dos músculos. Ou seja, atua acelerando a produção de energia para as células musculares”, pontua.

Ela é produzida naturalmente pelo fígado, rins e pâncreas. Além disso, é possível absorvê-la por meio de alimentos proteicos. Em alguns casos, há a recomendação do suplemento.

Creatina engorda ou emagrece?

Antes de mais nada, vale entender que a creatina ajuda a produzir uma fonte de energia, conhecida como ATP, utilizada pelos músculos no momento dos exercícios de força. “Ela retarda a fadiga e aumenta a disposição no treino, melhorando, como consequência, a performance”, esclarece a profissional.

Geralmente, recomenda-se a ingestão de 3g de creatina por dia. Em termos calóricos, Amanda explica que não tem grandes impactos. Dessa forma, o produto não deve nem emagrecer e nem engordar. “Tudo depende de como é a alimentação e os treinos de quem a consome. Por isso, o recomendado é procurar um nutricionista antes de fazer o uso do suplemento”, destaca.

Leia mais: Creatina: qual o melhor horário para tomá-la?

Quem deve usar creatina?

O uso de creatina é bastante comum entre atletas e pessoas que visam o ganho de massa muscular. Isso porque o suplemento ajuda a melhorar o desempenho nos treinos, promovendo, assim, resultados mais efetivos.

“Geralmente, é indicada para quem pratica modalidades que necessitem de rápida disponibilização de energia, como natação ou Crossfit. Mas, cada vez mais evidências sugerem que a suplementação de creatina também pode ser benéfica para pessoas idosas”, afirma.

Amanda explica que pessoas com idade mais avançada apresentam sarcopenia, ou seja, perda de massa muscular, e quadros de osteoporose. Assim, a creatina, quando acompanhada de treinamento de resistência, pode ajudar a aumentar a força e potência na terceira idade.

De qualquer forma, é importante consultar um nutricionista antes de incluir o suplemento na dieta. O profissional tem a capacidade de avaliar a necessidade e orientar as quantidades e a frequência. 

“A mais comum forma de suplementar é a creatina monoidratada em forma de um pó, que deve ser consumida diluída em água, suco, leite ou outras bebidas”, finaliza.

Fonte: Amanda Figueiredo, nutricionista

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

poke é saudável
Alimentação Bem-estar

Poke é saudável? Veja dicas na hora de consumir

Veja dicas de alimentos que não vão interferir no seu objetivo, seja emagrecer ou ganhar massa magra

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas