Consequências do diabetes ao longo do tempo

Saúde
12 de Julho, 2023
Consequências do diabetes ao longo do tempo

O diabetes é uma condição crônica que resulta em níveis elevados de açúcar no sangue. Ao longo do tempo, o diabetes pode ter uma série de consequências graves para a saúde.

Uma das principais consequências do diabetes é o dano aos vasos sanguíneos. Níveis persistentemente elevados de açúcar no sangue podem danificar as paredes dos vasos sanguíneos, tornando-os mais propensos a estreitamento e endurecimento. Esse processo, conhecido como aterosclerose, pode levar ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como doença arterial coronariana (DAC), ataque cardíaco e acidente vascular cerebral (AVC).

Além disso, o diabetes também pode afetar os rins. Níveis elevados de açúcar no sangue podem sobrecarregar os rins, levando a danos progressivos. Com o tempo, isso pode resultar em doença renal crônica, comprometendo a capacidade dos rins de filtrar adequadamente os resíduos do sangue. Em casos mais graves, pode ser necessário realizar diálise ou até mesmo um transplante de rim.

Outra complicação comum do diabetes é a neuropatia, que é o dano aos nervos. A alta concentração de açúcar no sangue pode afetar os nervos em todo o corpo, causando sintomas como dormência, formigamento e dor. A neuropatia diabética pode afetar os pés e as pernas, tornando-os mais suscetíveis a feridas e infecções. Em casos avançados, a neuropatia pode levar à amputação de membros.

O diabetes também pode causar problemas oculares graves, como a retinopatia diabética. Nessa condição, os vasos sanguíneos da retina, localizada na parte posterior do olho, são danificados. Isso pode resultar em perda de visão e até mesmo cegueira. Além disso, o diabetes também aumenta o risco de desenvolvimento de catarata e glaucoma, que é o aumento da pressão intraocular.

Por fim, o diabetes também afeta o sistema imunológico, tornando as pessoas mais suscetíveis a infecções. Feridas e lesões demoram mais tempo para cicatrizar, e infecções como a pneumonia são mais comuns em pessoas com diabetes não controlado.

É importante ressaltar que essas complicações são mais prováveis quando o diabetes não é adequadamente controlado. Manter níveis de açúcar no sangue dentro da faixa-alvo, adotar uma alimentação saudável, praticar exercícios físicos regularmente, tomar a medicação prescrita e realizar exames de rotina são medidas essenciais para prevenir ou retardar o desenvolvimento dessas complicações ao longo do tempo.

Em conclusão, o diabetes é uma doença crônica que pode ter consequências significativas ao longo do tempo. Complicações como doenças cardiovasculares, danos renais, neuropatia, problemas oculares e maior suscetibilidade a infecções podem surgir se o diabetes não for adequadamente controlado. Portanto, é fundamental que as pessoas com diabetes adotem um estilo de vida saudável e sigam o tratamento recomendado por seus profissionais de saúde para minimizar o risco de complicações e promover uma boa qualidade de vida.

Leia também:

Por quanto tempo tomar glutamina
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar glutamina?

Veja recomendações importantes sobre o consumo prolongado

Alimentação e hipertensão
Alimentação Bem-estar Saúde

Alimentação e hipertensão: o que priorizar e o que evitar?

O ideal é utilizar temperos naturais, como ervas e especiarias. Veja outras dicas

check-up ginecológico
Bem-estar Saúde

Check-up ginecológico: quais exames a mulher deve realizar anualmente?

A rotina de exames permite diagnóstico rápido para diversas doenças, ampliando as chances de um tratamento eficaz