Como melhorar a flexibilidade? Veja dicas para chegar lá

Bem-estar Movimento
20 de Abril, 2023
Como melhorar a flexibilidade? Veja dicas para chegar lá

Como anda a sua flexibilidade? Vamos fazer um teste rápido: levante-se agora e desça o tronco devagar, com o objetivo de tocar as mãos no solo ou na ponta dos dedos dos pés. Então, até onde suas mãos chegam sem você sentir dores na parte de trás das pernas (posteriores) ou coluna lombar? Se é possível chegar com as mãos no chão sem dificuldade e sem flexionar os joelhos, parabéns. Mas, a maioria das pessoas mal consegue alcançar os tornozelos. Então, como melhorar a flexibilidade e prevenir desconfortos e lesões?

Veja também: Afinal, como “virar a chave” para ter hábitos mais saudáveis?

A importância da flexibilidade

Assim como a força e o equilíbrio, a flexibilidade é importante para um corpo ser saudável. Com ela, conseguimos fazer coisas simples, como agachar-se para pegar um objeto, fazer movimentos amplos e, sobretudo, manter uma postura boa. Além disso, ter e manter a boa flexibilidade proporciona:

  • Alívio do estresse.
  • Redução da incidência de lesões por encurtamentos musculares.
  • Diminuição de dores e tensões corporais.
  • Melhora da circulação.
  • Mais saúde para as articulações.
  • Autonomia em todas as fases da vida, sobretudo na velhice.

Como melhorar a flexibilidade?

O alongamento deve fazer parte da sua rotina. A prática começa ao acordar: se espreguice antes de sair da cama. Abraçar as pernas perto do corpo, estender os braços e todo o corpo são movimentos básicos para acordar o corpo e preparar a postura para ficar de pé. Outras formas simples de se alongar:

  • Faça círculos com a cabeça para liberar a tensão do pescoço.
  • De pé, agarre um dos pés para ativar a musculatura das coxas e faça o mesmo com o lado oposto.
  • Gire os punhos e tornozelos para aquecer as pequenas articulações.
  • Se você trabalha muito tempo sentado, levante-se com frequência para fazer esses movimentos.

Faça treinos de mobilidade

Ao praticar musculação ou outra modalidade de força, é comum partir para o treino sem preparar o corpo. Todavia, a etapa de mobilidade é fundamental para melhorar a amplitude do movimento durante os exercícios e preservar as articulações e músculos de lesões.

Então, se você pula essa parte e sofre com a rigidez muscular, o vídeo abaixo vai lhe ajudar a mudar isso agora:

 

Experimente o yoga

O yoga é um estilo de vida que perdura há milênios, e parte desses ensinamentos estão ao seu alcance. Dessa forma, praticar uma aula ou algumas posturas em casa trarão mais consciência corporal, bem-estar, resistência, e, claro, mais flexibilidade.

Muitos atletas profissionais são adeptos da modalidade para melhorar a flexibilidade e deixar o corpo alinhado para os treinos específicos. A seguir, veja uma sequência para todos os níveis que você pode fazer em qualquer lugar:

 

Sobre o autor

Amanda Preto
Jornalista especializada em saúde, bem-estar, movimento e professora de yoga há 10 anos.

Leia também:

Chás pré e pós-treino
Alimentação Bem-estar

Chás pré e pós-treino: veja as melhores opções

O chá é a segunda bebida mais consumida mundialmente, depois da água, sendo o Brasil um dos maiores consumidores. De acordo com um balanço da Euromonitor

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Quando mudar a rotina de skincare
Beleza Bem-estar

Rotina de skincare: quando mudar os produtos? Dermatologista explica

Segundo a dermatologista, apesar da percepção, a pele continua se beneficiando da rotina