Como converter semanas em meses de gravidez

25 de fevereiro, 2022

Muitas pessoas questionam porque a gestação humana é contada em semanas e não em meses. Mas, entenda de uma vez por todas essa contagem e veja como converter semanas em meses de gravidez:

Por que a gravidez é contada em semanas?

Segundo o Dr. Antonio Julio Sales Barbosa, ginecologista e obstetra idealizador do Centro Paulista de Parto Natural, o costume de contar a gestação em meses vem de tempos remotos. Ou seja, em que a contagem do tempo em geral era feita pelas mudanças da lua e a gravidez deveria durar 10 meses lunares.  

Além disso, o tempo ideal de uma gestação é de 280 dias, período em que o feto está totalmente formado morfológica e funcionalmente em todos os aspectos, estando pronto para nascer. Assim, tal número de dias corresponde exatamente a 40 semanas, o que torna a contagem semanal tecnicamente mais simples. “Durante a gravidez, o desenvolvimento fetal é marcado por eventos significativos que ocorrem, em grande parte, em semanas específicas, justificando assim a escolha desta maneira de se fazer o acompanhamento da gestação”, explica o médico.

Como converter semanas em meses de gravidez?

O obstetra afirma que fazer essa conversão não é interessante e pode ser, inclusive, confuso para acompanhar a gravidez. Assim, de toda forma, para aqueles que desejam compreender melhor essa “linguagem das grávidas”, pode-se considerar que a cada 4.4 semanas completa-se 1 mês, gerando a contagem a seguir:

  • 1 mês = 4 semanas e meia
  • 2 meses = 9 semanas
  • 3 meses = 13 semanas e 2 dias
  • 4 meses =17 semanas e 5 dias
  • 5 meses = 22 semanas e 1 dia
  • 6 meses = 26 semanas e 4 dias
  • 7 meses = 31 semanas
  • 8 meses = 35 semanas e meia
  • 9 meses = 40 semanas

Como calcular a idade gestacional?

O tempo de gestação pode ser contado a partir da tabela gestacional, que utiliza como ponto de partida o 1º dia da última menstruação (DUM), acrescido de 7 ou 10 dias (a depender da contagem utilizada por cada médico), o que corresponderia a provável data da ovulação de uma maneira geral da população, uma vez que existem variações individuais. Assim, é determinado o tempo aproximado transcorrido desde a concepção até o momento do nascimento do bebê.

Leia mais: Como saber a data provável de nascimento do seu bebê

Fonte: Dr. Antonio Julio Sales Barbosa, ginecologista e obstetra idealizador do Centro Paulista de Parto Natural.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.