Comida italiana: Melhores escolhas para não sair da dieta

Alimentação Bem-estar
27 de Maio, 2020
Comida italiana: Melhores escolhas para não sair da dieta

Ao iniciar uma dieta, a maioria das pessoas pensa que precisa abandonar o consumo de massas, risotos, pizzas e outras delícias típicas da Itália. Mas, não é necessário fugir da comida italiana para se manter em uma alimentação saudável. Pois, com algumas trocas inteligentes é possível desfrutar esses e outros pratos sem medo. 

Existem grandes mitos sobre o macarrão e outras massas que fazem com que você elimine esse alimento da dieta. No entanto, não faltam razões saudáveis ​​para continuar a comê-lo. 

Longe de ser vilã, massa, por exemplo, é uma grande fonte de energia e um dos pilares da dieta mediterrânea, que é considerada uma das mais saudáveis ​​e equilibradas do mundo. 

Se a comida italiana for a sua próxima escolha no delivery (ou cozinha), saiba quais pratos e ingredientes são as melhores pedidas. 

Recuse a entrada

Os pãezinhos e torradas com azeite ou sardela podem ser deliciosos, mas são calóricos. Por isso, evite consumi-los ou troque o azeite por um antepasto de berinjela ou abobrinha. 

Inicie a refeição com a salada

Os vegetais são ricos em fibras, proporcionando saciedade, evitando que você fique com fome acumulada, o que levaria ao excesso.

Reparta

Normalmente a porção de massa serve duas pessoas. Portanto, divida o prato com alguém ou peça meia porção.

Faça escolhas inteligentes

As massas mais simples, como talharim ou espaguete, são as melhores opções. Prefira a versão integral, pois as fibras presentes nesses alimentos irá aumentar a saciedade. 

Molhos

Em relação ao molho, opte pelo tradicional molho de tomate, evitando molho à bolonhesa, branco ou quatro queijos, que possuem muitas calorias, já que geralmente são feitos com leite integral, queijos e creme de leite.

Prefere lasanha?

Se lasanha é seu prato preferido quando o assunto é comida italiana, faça combinações com legumes, como abobrinha ou berinjela. Além de saborosa é menos calórica que a versão tradicional, e é fonte de vitaminas e minerais.

Adicione uma proteína

Carne, peixe ou frango grelhado são excelentes escolhas. Evite carnes à milanesa, parmegiana e o polpetone.

Se a escolha for o risoto

Prefira as versões com legumes e evite as preparações com queijos. Embutidos como presunto, linguiça e bacon também devem ser evitados.

Pizza

Escolha a pizza mais simples, com molho de tomate e vegetais. Boas opções: rúcula, abobrinha, berinjela, brócolis, escarola.

Bebidas

A melhor alternativa é a água ou suco natural. No entanto, se não resistir ao vinho, limite-se a uma taça. 

Sobremesa

O ideal é optar pelas frutas ou saladas de frutas. Evite o tiramisu e o sorvete, pois são ricos em calorias e gorduras.

Leia também: Comida japonesa: Melhores escolhas para não sair da dieta

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!