Comer tarde da noite pode comprometer a saúde do coração

Alimentação Bem-estar
19 de Novembro, 2019
Comer tarde da noite pode comprometer a saúde do coração

Você tem com costume de comer tarde da noite? Talvez esteja na hora de rever esse hábito. Geralmente, quando queremos emagrecer e melhorar a saúde, a abordagem é voltada para o que e o quanto comemos. Entretanto, recentes pesquisas mostram que o horário em que nos alimentamos também merece atenção.

Estudos recentes, promovidos pela American Heart Association’s, apresentam o seguinte dado: comer tarde da noite está associado a piora da saúde cardiovascular, especialmente nas mulheres.

Como a hora em que comemos pode influenciar a perda de peso?

Sustentando a crescente popularidade do jejum Intermitente, pesquisas apontam que comer mais cedo, na parte do dia, em vez de comer mais tarde, durante a noite, pode ajudar no processo de emagrecimento. Os dados mostram que, ao comer tarde, o corpo tende a promover ganho de peso e desacelera o metabolismo.

Além disso, esses mesmos estudos revelaram que refeições tardias aumentam o risco da ocorrência de diabetes e doenças cardiovasculares, especialmente em mulheres.

Leia também: Jejum intermitente emagrece?

O jejum intermitente é uma boa opção para a saúde do coração?

Certamente, é isso que tais estudos têm nos mostrado. Ainda assim, vale ressaltar a importância de um acompanhamento profissional e individualizado, pois cada corpo reage a uma dieta de sua própria maneira.

De modo geral, estudos variados demonstram que, no que diz respeito à alimentação, ter uma rotina de horários regrada, como no jejum intermitente, ajuda no controle dos níveis de açúcar no sangue. Ou seja, evita a incidência de doenças como o diabetes.

Leia também: Como fazer jejum intermitente para emagrecer

Atenção para a ingestão diária de calorias

Durante a promoção do estudo, foi pedido que as participantes documentassem sua ingestão diária de calorias, de modo que os cientistas pudessem acompanhar de perto sua rotina de alimentação.

Assim, foram fornecidas informações como: o que comiam, o quanto comiam, os horários em que se alimentavam e a quantidade de calorias ingeridas. Desse modo, os especialistas coletaram essas informações e as utilizaram para calcular a relação entre a saúde do coração e o horário das refeições.

Faça sua avaliação de peso, descubra seu peso ideal e aprenda a emagrecer com a Low Carb. Clique para saber mais

A pesquisa revelou que participantes que consumiam mais calorias depois do fim da tarde tinham tendência a uma saúde cardiovascular mais prejudicada. A cada caloria ingerida a partir das 18h, mais acometida apresentava-se a pressão arterial, bem como o índice de massa corporal (IMC) e os níveis de açúcar no corpo.

Sendo assim, os cientistas concluíram que uma alimentação bem pensada, planejada e com intencionalidade pode ser o segredo para a saúde plena do coração.

Leia mais: Melhores alimentos para quebrar jejum intermitente

Sobre o autor

Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo

Leia também:

mulher madura comendo uma maçã ao ar livre. Ela está de óculos de sol e tem uma toalha apoiada nos ombros
Alimentação Bem-estar

Dieta ideal para menopausa: o que (e quanto) consumir?

Artigo publicado na revista Nature mostra quais itens consumir (e quais evitar) em uma dieta para aliviar os incômodos da menopausa

Em quanto tempo o ômega-3 faz efeito?
Alimentação Bem-estar Saúde

Em quanto tempo o ômega-3 faz efeito?

O ômega 3 é considerado um nutriente essencial para uma dieta saudável e balanceada

Tipos de laranja
Alimentação Bem-estar

Tipos de laranja: conheça as diferenças e benefícios de cada um

Além de possuir vitamina C, a frutinha é rica em fibras que trazem benefícios para a saúde intestinal