Maçã: Motivos para comer a fruta todos os dias

8 de agosto, 2019

Quando se trata de ranking lanches saudáveis, a maçã está bem posicionada. Esse alimento básico que sua mãe embalou em sua merenda escolar é realmente bom para a saúde. Ela é abundante em vitaminas, tem uma vida útil muito longa em comparação com outras frutas, é fácil de carregar e, principalmente, deliciosa. 

Comer apenas uma maçã lhe dará 14% de seu valor diário de vitamina A e 11% de seu valor diário de vitamina C. Antioxidantes presentes no alimento ajudam a prevenir danos excessivos dos radicais livres, e evitar esses radicais pode reduzir o envelhecimento e o risco de doenças. Tudo isso por apenas 95 calorias a unidade. 

Mas, lembre-se de que você só colherá a maioria desses benefícios se mantiver a casca da fruta, por isso, evite descascá-la. Só é preciso tomar cuidado com a limpeza: lave e esfregue, se preciso, com o auxílio de uma esponja. Se optar por versões orgânicas, melhor.

Leia também: 8 motivos para comer uva todos os dias

Além disso, o alto teor de fibras significa que elas oferecem uma dose saudável de prebióticos (fibra indigestível que as bactérias “boas” do seu intestino comem). Prebióticos podem melhorar a saúde gastrointestinal, bem como aumentar a absorção de cálcio.

Veja mais motivos para comer maçã todos os dias: 

Ajuda a controlar o peso

Um estudo do periódico americano Journal of Functional Foods descobriu que o consumo regular de maçã tem sido associado a níveis mais baixos de lipídios e a um risco reduzido de obesidade. Comer alimentos ricos em fibras aumenta a saciedade e, portanto, pode diminuir o consumo total de calorias durante o dia. Ambos os fatores significam que seu consumo pode ajudar no controle de peso.

Pesquisadores da Universidade do Estado de Washington, nos Estados Unidos, analisaram sete variedades da fruta, e a maçã verde, especialmente a do tipo Granny Smiths, mostrou ter o maior teor de fibras e polifenóis – antioxidantes com ação anti-inflamatória e, portanto, capazes de evitar processos inflamatórios associados à obesidade.

É cardioprotetora

As maçãs são ricas em compostos quercetina, que se mostrou eficaz na redução de inflamação em pessoas que lutam contra doenças cardíacas e hipertensão.

Aumenta a imunidade

Em um grande estudo da JAMA Internal Medicine, os participantes que ingeriam pelo menos uma pequena maçã por dia exigiam menos consultas médicas, internações hospitalares e medicamentos prescritos do que aqueles que não comiam maçãs.

Leia também: 7 motivos para incluir a framboesa na sua dieta

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.