Cólera no Brasil: país registra primeiro caso em 18 anos

Saúde
22 de Abril, 2024
Cólera no Brasil: país registra primeiro caso em 18 anos

O Ministério da Saúde confirmou nesta sexta-feira (19) um caso autóctone de cólera no Brasil. Em nota, a Secretaria de Vigilância em Saúde e Ambiente informa que o caso em questão ocorreu em Salvador. Trata-se de um homem de 60 anos de idade que apresentou um desconforto abdominal e diarreia aquosa, em março de 2024. O paciente contraiu a doença na própria cidade, sem viajar a outro lugar. Duas semanas antes ele havia feito uso de antibiótico para tratamento de outra patologia. Segundo exames laboratoriais, a bactéria causadora da doença foi Vibrio cholerae O1 Ogawa.

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, trata-se de um caso isolado, tendo em vista que não foram identificados outros registros, após a investigação epidemiológica realizada pelas equipes de saúde locais junto às pessoas que tiveram contato com o paciente.

O período de transmissão da doença é de um a dez dias após a infecção. Entretanto, para as investigações epidemiológicas, no Brasil, está padronizado o período de até 20 dias por margem de segurança. Dessa forma, segundo a pasta, o paciente não transmite mais o agente etiológico desde o dia 10 de abril.

Leia mais: Enchentes aumentam risco de doenças; saiba como se proteger

Últimos casos de cólera no Brasil

No Brasil, os últimos casos autóctones de cólera ocorreram em Pernambuco nos anos de 2004 e 2005, com 21 e cinco casos confirmados, respectivamente. Então, desde 2006 não houve casos de cólera autóctones, apenas importados, sendo um de Angola, notificado no Distrito Federal (2006); um proveniente da República Dominicana, em São Paulo (2011); um de Moçambique, no Rio Grande do Sul (2016); e um da Índia, no Rio Grande do Norte (2018).

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), de janeiro a março de 2024, 31 países registraram casos ou declararam surto de cólera. Seguindo a classificação da OMS, a região africana foi a mais afetada, com 18 países. Além disso, nas Américas há surtos declarados apenas no Haiti e na República Dominicana.

Diante do cenário de casos de cólera no mundo, o Ministério da Saúde destaca a necessidade de os profissionais de saúde estarem sensibilizados quanto à situação epidemiológica da doença, à detecção de casos, à investigação epidemiológica e às medidas de prevenção e controle.

Doença

A cólera é uma doença infecciosa intestinal aguda, transmitida por contaminação fecal-oral direta ou ingestão de água e alimentos contaminados. Dessa forma, a maioria das pessoas infectadas permanece assintomática (aproximadamente 75%) e, daquelas que desenvolvem a doença, a maioria apresenta sintomas leves ou moderados, e apenas de 10% a 20% desenvolvem a forma severa, que, se não for tratada prontamente, pode levar a graves complicações e ao óbito.

Referência: Agência Brasil.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

foto do ator Tony Ramos
Saúde

Hematoma subdural: entenda quadro de Tony Ramos

Tony Ramos passou por duas cirurgias após apresentar um hematoma subdural. Segundo boletim médico, ator já tem "melhora na evolução do quadro clínico"

corrida
Bem-estar Movimento Saúde

Como proteger garganta e ouvidos na corrida durante o inverno

É necessário tomar os devidos cuidados para proteger garganta e ouvidos durante a corrida no inverno. Saiba mais!

5 hábitos saudáveis para enxaqueca
Saúde

5 hábitos saudáveis para enxaqueca

A enxaqueca é uma doença crônica que causa um tipo de dor de cabeça latejante