Vai para o carnaval de rua? Veja essas dicas para aproveitar com saúde

Alimentação Bem-estar Saúde
08 de Fevereiro, 2024
Vai para o carnaval de rua? Veja essas dicas para aproveitar com saúde

Os blocos de rua que animam o Carnaval estão prestes a ganhar as ruas das cidades. A programação da folia é intensa e pode envolver desfiles, fantasias e longos trajetos percorridos atrás do famoso trio elétrico. Mas será que você está preparado para enfrentar os dias de folia com saúde? A seguir, confira dicas indispensáveis para aproveitar a festa da melhor forma! 

Veja também: 5 dicas para secar de forma saudável até o carnaval

Dicas para se preparar para o carnaval de rua

Um dos feriados mais aguardados do ano está chegando. E embora a ansiedade dos foliões esteja lá em cima, essa também é uma época cheia de desafios para a saúde, já que, no carnaval de rua, é comum encontrarmos altas temperaturas, exposição solar intensa e dificuldades de alimentação, fatores que podem diminuir a energia do corpo. Veja dicas que vão te ajudar a manter a energia do carnaval em alinhamento com a sua saúde! 

1 – Comece descansando na véspera

Uma boa noite de sono confere muito mais disposição ao organismo, então é essencial que você descanse antes da folia.  Tome cuidado com a alimentação, evitando comidas mais gordurosas, mas ao mesmo tempo evitando dietas mais restritivas. Lembre-se que o seu corpo precisa de nutrientes para enfrentar a maratona. 

“Antes da folia, preferencialmente não pular nenhuma das grandes refeições, pois isso faz com que a rotina se perca. Um café da manhã reforçado, com frutas, ovos ou iogurte, cereais, aveia etc., vai ajudar a aguentar o dia”, explica a médica Marcella Garcez, diretora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN). Portanto, na alimentação pré-folia, não esqueça de consumir bons carboidratos, de preferência os integrais, pois seu corpo precisará de muita energia.

2 – Tenha um kit especial de ‘sobrevivência’

Alguns equipamentos são indispensáveis para curtir a folia sem preocupações. Veja a seguir o que não pode faltar na sua mochila ou pochete:

  • Protetor solar;
  • Snacks leves para consumir durante o dia como amendoim e castanhas ou barrinhas de cereal;
  • Desodorante;
  • Álcool em gel;
  • Bonés, viseiras e óculos que ajudam a proteger a pele contra a exposição solar;
  • Garrafa de água; 
  • Lenço antisséptico;
  • Carregador portátil. 

3 – Priorizando o conforto no look carnavalesco

Acessórios, fantasias e – acima de tudo – muito glitter fazem a típica caracterização do folião. Mas além desses itens, é importante ficar atento ao conforto das peças utilizadas e dos calçados, já que são eles que vão nos levar no percurso do bloquinho. Então, nesse momento, escolha roupas leves e com tecidos respiráveis e tênis confortáveis, de preferência, os que são utilizados para caminhada ou corrida

Outro produto que pode ser perigoso é o glitter. Os microplásticos, presentes em sua composição, podem entrar no globo ocular e arranhar e ferir a córnea. Dessa forma, a dica é comprar glitter biodegradável, que pode ser hipoalergênico e livre de conservantes. 

4 – Para aproveitar o carnaval de rua, invista na boa alimentação

Alimentação é sinônimo de energia! E para evitar ficar de estômago vazio no meio da folia, consuma alimentos leves e evite pular refeições. Comece o dia com um café da manhã reforçado e saudável. Se optar por levar sua comida, lembre-se de acrescentar proteínas, leguminosas e carboidratos para aguentar a festa toda.

Mas cuidado, fuja das frituras. Além de alto teor de gordura, dão sensação de estômago pesado e moleza.

5 – Proteção da pele 

Ficar com ardência e com a pele vermelha, certamente não está nos seus planos. Mas para passar longe desses problemas, os foliões devem priorizar o uso do protetor solar. E lembre-se, a reaplicação do protetor solar durante o dia é indispensável para garantir que o produto funcione de maneira realmente eficaz no combate aos danos da radiação solar, que pode causar queimaduras e favorecer o envelhecimento cutâneo e o surgimento de câncer de pele.

“A regra geral é que, para garantir máxima eficácia, o protetor solar deve ser reaplicado a cada duas horas”, afirma a especialista Dra. Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

6 – Cuidados no banheiro químico 

Se você já está pronto para curtir os dias de Carnaval, deve saber que, pela lei, fazer xixi na rua é crime. Em algumas cidades, inclusive, pode gerar multa. Por isso, o uso do banheiro químico – tanto nos bloquinhos de rua como no sambódromo –, acaba sendo indispensável para continuar aproveitando a folia. Mas a prática envolve riscos, já que esses banheiros não possuem controle de higiene e são usados por diversas pessoas. Veja dicas para usá-lo com segurança:

  • Lave as mãos cuidadosamente com água e sabão por pelo menos 20 segundos para garantir uma higienização completa.
  • Invista no álcool em gel: esse item é indispensável, já que fornece uma higienização rápida.
  • Evite encostar em itens do banheiro que não sejam extremamente necessários
  • Lenços umedecidos: Se você não quer fazer um malabarismo na hora de usar o banheiro, pode optar por levar lenços umedecidos para higienizar a superfície do vaso antes de utilizá-lo, evitando o contato com gotículas de xixi do usuário anterior.

Fontes:

  • Dra. Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.
  • Dra. Marcella Garcez, diretora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

mulher na academia fazendo elevação pélvica no banco
Bem-estar Movimento

Elevação pélvica com a barra ou na máquina: qual é melhor?

Exercício é um dos queridinhos quando o assunto é fortalecer os glúteos. Mas qual variação é melhor: elevação pélvica com a barra ou na máquina?

óleo de coco emagrece?
Alimentação Bem-estar

Óleo de coco emagrece?

Extraído do fruto maduro, o óleo de coco virou febre principalmente por sua fama de que emagrece. Mas será que ele tem esse poder?

5 fatos sobre a obesidade
Saúde

5 fatos sobre a obesidade que você não sabia

Doença não tem relação com estética e requer tratamento contínuo. Veja esses e outros fatos