Câncer no ânus: o que é, sintomas, diagnóstico e tratamento

Saúde
20 de Setembro, 2022
Câncer no ânus: o que é, sintomas, diagnóstico e tratamento

O câncer no ânus é um tipo de tumor que ocorre na região da borda anal. Ele se forma por meio de uma multiplicação inadequada das células cancerígenas ao redor da borda do ânus e do reto.

A doença costuma ser classificada como um tumor escamoso, que é diferente de outros que acometem o intestino e que levam o nome de adenocarcinomas. Quando não tratada, essa condição pode causar complicações, dores e até mesmo ser letal.

Causas do câncer no ânus

As causas do câncer no ânus variam de acordo com o indivíduo. Assim, pode ser desde uma infecção originalmente transmitida por HPV em relação a borda do ânus até fatores evitáveis como o tabagismo.

Há casos em que o tumor está relacionado com genética, sendo passado por hereditariedade. Além disso, a má alimentação, com uma ingestão inadequada de fibras prebióticas no dia a dia, podem gerar constipação e, consequentemente, elevar o risco do tumor anal.

Pessoas que realizam atividades sexuais sem o uso de preservativos também são mais propensas a apresentarem casos dessa condição.

Leia também: Hemorroida: o que é, causas, sintomas e tratamento

Sintomas

Dentre os principais sintomas ligados à incidência do câncer no ânus, é possível citar:

  • Dores constantes;
  • Sangramentos ocasionais;
  • Muco nas fezes;
  • Cólica e vômitos.

Ainda assim, estima-se que um quarto dos diagnóstico desse tipo de tumor seja totalmente assintomático. Muitas vezes, o paciente só descobre que está com a doença após uma consulta médica e exames de rotina.

Tratamento

O diagnóstico do câncer no ânus é feito por meio de um exame físico, que pode se estender para uma colonoscopia ou ainda para uma anuscopia com biópsia em casos mais avançados.

O tratamento é feito, inicialmente, por meio de radioterapia e quimioterapia, a fim de retirar as células cancerígenas. Se o tumor ainda assim persistir, pode ser necessária uma cirurgia mais avançada.

Nesse procedimento cirúrgico, o profissional de saúde terá que retirar as células tumorais sem afetar o anel muscular que permite o fechamento do ânus, pois caso aconteça alguma alteração indesejada nessa região, o paciente pode desenvolver uma incontinência fecal.

Por fim, para prevenir o câncer no ânus, é importante seguir uma alimentação equilibrada, que contenha boas fontes de fibras diárias, como grãos integrais, verduras e frutas. Além disso, deve-se evitar o tabagismo e ter relações sexuais apenas com uso de preservativos.

Fonte: Dra. Vanessa Prado, cirurgiã do Aparelho Digestivo. Médica do Centro de Especialidades do Aparelho Digestivo do Hospital Nove de Julho, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Aparelho Digestivo (SBCD) e da Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBC).

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Medir a pressão arterial
Saúde

Medir a pressão arterial: veja novas recomendações

Veja novas recomendações da Sociedade Brasileira de Cardiologia

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma