Câncer em crianças: confira os sinais que merecem atenção

Saúde
23 de Novembro, 2022
Câncer em crianças: confira os sinais que merecem atenção

O câncer em crianças e adolescentes é menor em comparação com a incidência em adultos. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), são cerca de 8.460 casos da doença infantojuvenil a cada ano do triênio 2020-2022.

No entanto, é a enfermidade que mais mata crianças e adolescentes no Brasil. São cerca de 2.560 óbitos por ano, segundo o Sistema de Informação de Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde.

Oncologistas explicam que os tumores pediátricos apresentam características e comportamentos diferentes dos cânceres em adultos. Assim, é imprescindível identificá-los em estágio inicial e tratar em centros especializados para elevar as chances de cura em mais de 70%.

“Conhecer as particularidades do câncer nas crianças é determinante para aumentar as chances de sucesso no tratamento e, em muitos casos, com menos risco de efeitos colaterais ao paciente. Esperamos ajudar muitos pais e responsáveis a identificar os sintomas e buscar rapidamente orientação médica”, afirma Monica Cypriano, diretora médica assistencial do Hospital do GRAACC.

Veja também: Afinal, o parto domiciliar é uma alternativa segura para mãe e bebê?

Câncer em crianças: sintomas que servem de alerta

Os sintomas muito são semelhantes aos de infecções virais ou bacterianas comuns da infância. Então, o diagnóstico precoce é desafiador nesse sentido e exige a atenção de pais, responsáveis e pediatras para perceberem seus primeiros sinais. Portanto, fique de olho nas seguintes condições:

  • Febre persistente por mais de três dias.
  • Barriga inchada ou endurecida que não melhora com tratamento de constipação.
  • Perda de peso recente sem causa aparente.
  • Dor de cabeça, vômitos e perda de equilíbrio.
  • Sangue na urina, dores abdominais e pressão alta.
  • Manchas roxas e caroços pelo corpo.
  • Gânglios aumentados há mais de 3 semanas.
  • Dores nos ossos, principalmente nas pernas, com ou sem inchaço.
  • Dor ou inchaço nas articulações sem motivo.
  • Aparecimento de inchaço, nódulo, “bola” em alguma parte do corpo sem relação com trauma por mais de uma semana.
  • Palidez e fraqueza constante.
  • Por fim, reflexo branco no olho ao tirar fotografia com flash.

Além disso, para ajudar pais e responsáveis a detectar sinais e sintomas da doença, o GRAACC desenvolveu uma cartilha educativa digital: “E se for câncer infantil? Os sinais da doença e as chances de cura”. O material completo pode ser acessado no site da instituição.

O que fazer se houver um ou mais sintomas?

A manifestação dos sinais acima precisa de investigação médica. Então, vá assim que possível ao pediatra da criança para avaliar o que está acontecendo.

 

 

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

insulina oral
Saúde

Insulina oral: Pesquisadores desenvolvem novo tratamento para diabetes

A nova versão se mostrou mais prática e deve gerar menos efeitos colaterais

Ivete Sangalo pneumonia
Saúde

Ivete Sangalo é internada com pneumonia. Entenda o quadro

A pneumonia é uma infecção respiratória que causa tosse com muco ou pus, febre e dificuldade respiratória

foto de uma caderneta de vacinação com uma seringa
Saúde

Caderneta de vacinação em dia ajuda a evitar surtos de doenças

Especialistas alertam que a vacinação é um pacto de saúde coletivo