Benefícios de ter animais de estimação para as crianças

Bem-estar Equilíbrio
31 de Janeiro, 2020
Benefícios de ter animais de estimação para as crianças

Os pets trazem uma alegria enorme para seus donos. Muito além de serem fofos e divertidos, o convívio com animais de estimação traz diversos benefícios para as crianças.

Diante disso, muitos consideram os bichinhos como membros de suas próprias famílias. Seja um gato, cachorro, tartaruga ou um coelho, os benefícios de criar filhos em uma casa com animais de estimação são ótimos.

Animais de estimação dão amor incondicional

Principalmente para crianças solitárias ou que têm rivalidade entre irmãos, um pet pode ser um ótimo ouvinte. Assim, podem confortar, dar apoio e ouvir os problemas infantis sem julgamento ou consequência.  

Leia mais em: Como animais de estimação melhoram a saúde do corpo e mente

Ensinam empatia

Cuidar de um animal de estimação que é tão dependente de você causa empatia. Com eles, os pequenos aprendem a interpretar as necessidades do bicho: ele está com fome? Precisa sair?

Ensinam confiança e responsabilidade

As crianças podem ganhar confiança tendo a responsabilidade de cuidar de um animal de estimação. Pequenos de até três anos podem gerenciar tarefas simples, como encher a água e as tigelas de comida. Porém, à medida que seu filho cresce, ele pode cuidar e passear com o animal. 

Ajudam as crianças a socializar e aumentar as habilidades verbais

Você provavelmente já viu crianças pequenas que ainda estão aprendendo a conversar tentando se comunicar com um cachorro ou gato. Dessa forma, os pets dão não apenas apoio social e emocional, mas também às habilidades cognitivas de linguagem das crianças. Então, a simples presença de um animal de estimação fornece estímulo verbal para ajudar a conversar e socializar.

São terapêuticos

Alguns estudos da Universidade South Carolina, nos Estados Unidos, mostraram que os animais de estimação podem ajudar a baixar a pressão arterial, acelerar o tempo de recuperação, e reduzir o estresse e ansiedade. Assim, na análise, 60 crianças de ambos os sexos, com atitudes positivas ou neutras em relação a cães, interagiram com eles de maneira tática, verbal e visual enquanto os batimentos e a frequência cardíaca foi gravada. Com isso, os resultados revelaram que os níveis de pressão arterial dos indivíduos eram mais baixos durante o ato de acariciar o cachorro. Da mesma maneira, as frequências cardíacas eram mais baixas ao falar ou tocar no cão.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!