O que acontece quando não bebemos água suficiente

31 de janeiro, 2020

É importante manter-se hidratado. Mas, o que acontece quando não bebemos água suficiente? Nosso corpo é composto por, aproximadamente, 60% de água. Portanto, sua importância é vital.

Assim, quando estamos desidratados, o organismo envia alguns sinais. Conheça os principais:

Ganho de peso

É possível que você ganhe peso por estar desidratado. Isso acontece pois o corpo, quando não está abastecido o suficiente, busca reter os líquidos ingeridos.

Portanto, por incrível que pareça, a primeira reação do organismo quando ele se sente desidratado é o inchaço. Por isso, quando bebemos pouca água, sofremos da famosa “retenção hídrica”, o que aumenta os quilos na balança.

Leia também: Cafeína pode impedir o ganho de peso

Fadiga

A sensação de cansaço é uma das reações típicas do corpo à desidratação. Por isso, a água é importante até mesmo para nos manter alerta e energizados para as atividades do dia a dia. 

Leia mais: Hábitos alimentares que fazem você se sentir mais cansada

Falta de concentração

Não apenas você se sente cansado, mas também desatento. A falta de água provoca a perda de foco e concentração, tornando qualquer atividade muito mais difícil e demorada. 

Leia mais: Dicas para melhorar a concentração

Maior risco de derrame

Ainda mais grave, a desidratação pode aumentar as chances de ocorrência de derrame. Além disso, pouca água no organismo dificulta a recuperação, caso ocorra o derrame. 

Mau humor

O mau humor pode, por vezes, pode ser causado como consequência de não bebermos água o bastante. Segundo testes feitos por cientistas da Universidade de Connecticut, nos Estados Unidos, a falta de água pode explicar não apenas a sensação de fadiga e desatenção, mas também o mau humor e dores de cabeça.

Leia também: Alimentos que melhoram o humor e a disposição

Fome

Ainda, é muito fácil confundir fome com sede. Sabe aquele ronco no estômago? Pode ser necessidade de líquidos.

Metabolismo desacelerado

Por fim, a falta de água pode também provocar a desaceleração do metabolismo, assim dificultando o emagrecimento e facilitando o ganho de gordura.

Leia também: 6 hábitos que fazem o metabolismo queimar (mais) gordura

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo