Atividade física regular diminui riscos de Covid-19 grave

20 de abril, 2021

Praticar exercícios físicos é essencial e traz diversos benefícios para o corpo e a mente. Mas, você sabia que a atividade física também contribui para reduzir o risco de ter Covid-19 grave? É o que diz um estudo recente publicado no British Journal of Sports Medicine, feito na Califórnia. 

A pesquisa analisou os dados de cerca de 50 mil pacientes adultos com coronavírus entre janeiro de 2020 até o final de outubro do mesmo ano.

Dessa maneira, os participantes da pesquisa relataram quantos minutos de atividade física eles praticam a cada semana. Após analisar as respostas, os pesquisadores concluíram que os pacientes sedentários (menos de 10 minutos por semana) tinham um risco maior de hospitalização, admissão na UTI e até mesmo morte. A conclusão foi feita em relação às pessoas que se exercitam mais de 150 minutos por semana.

“Este é um alerta para a importância de estilo de vida saudável ​​e a prática de atividade física. As pessoas que se exercitam regularmente têm mais chances de escapar da Covid-19, enquanto as inativas têm resultados muito piores.” diz Robert Sallis, autor do estudo.

As novas diretrizes globais sobre atividade física e comportamento sedentário mudaram. Assim, a Organização mundial de Saúde (OMS) recomenda que adultos aumentem o tempo de atividades físicas para 300 minutos. Ou seja, até uma hora de exercícios por cinco dias ou 40 minutos por sete dias – ou 150 minutos de atividade física intensa por semana.

Exemplos de atividade física para fazer regularmente

Caminhada

A caminhada é uma das atividades mais simples e comuns. Pois, além de ser acessível, é benéfica para a queima de calorias e aumento de massa magra. Sendo assim, em vez de ir de carro até lugares próximos, opte por ir caminhando.

Leia também: Exercícios para perder barriga que podem ser feitos em casa

Natação 

A natação é um ótimo exercício para a mente. Também contribui para a diminuição das dores nas articulações e até mesmo o fortalecimento dos pulmões. O exercício na água tem mais resultado do que outras atividades de baixo impacto.

Treinamento de força

São ótimos exercícios para quem deseja fortalecer o músculo e sofrer menos com o metabolismo lento, além de ser uma opção também para perder peso.

Para quem está iniciando e deseja começar um treinamento de força, o recomendado é fazer sempre com um instrutor ou especialista, assim ele te dará o direcionamento correto.

Exercícios de peso corporal

A maneira mais simples de malhar em casa é usar seu próprio corpo. Pois, há muitos exercícios eficazes para o peso corporal que podem ajudá-lo a desenvolver força, resistência e queimar calorias. 

Exercícios com acessórios

Os acessórios podem ser utilizados em diferentes treinos e partes do corpo. Mas, em geral, quando iniciamos o processo de treinar em casa, eles são adicionados conforme vamos nos tornando mais fortes. Assim, eles são essenciais para fornecer novos estímulos ao corpo. Alguns exemplos: as caneleiras, os halteres e os elásticos.

Leia também: Pessoas fisicamente ativas são menos hospitalizadas por COVID-19

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo