Alongamento de cílios pode causar conjuntivite? Especialistas explicam

Beleza Bem-estar Saúde
28 de Junho, 2023
Alongamento de cílios pode causar conjuntivite? Especialistas explicam

Tendência de beleza, os cílios postiços são uma opção popular para muitas pessoas que desejam realçar o olhar, deixando uma aparência mais marcante e sofisticada. No entanto, é preciso adotar certos cuidados ao fazer alongamento de cílios, já que pode causar doenças, como a conjuntivite. Sempre que houver um objeto estranho próximo a região dos olhos, há um potencial risco de problemas e todo cuidado é pouco.

Leia mais: Maquiagem para criança: mãe coloca cílios postiços na filha de 6 anos

Alongamento de cílios pode causar conjuntivite?

Primeiramente, o risco relacionado ao uso de cílios postiços é a possibilidade de danificar seus cílios naturais. Isso porque a aplicação e a remoção inadequada podem puxar e danificar os cílios naturais, resultando em queda de cabelo e dano permanente. Além disso, a cola utilizada para fixar os cílios pode causar reações alérgicas em algumas pessoas, ocasionando inchaço e irritação nos olhos.

Outro fator pode estar associado a possibilidade de infecção. Se os cílios postiços não forem higienizados adequadamente antes da aplicação, bactérias e germes podem se acumular, o que pode levar a infecções oculares, incluindo conjuntivite alérgica.

A Dra. Emília Lucena, oftalmologista do Núcleo de Oftalmologia, confirma que existe risco do alongamento de cilios causar conjuntivite. Segundo ela, também pode causar inflamação de repetição, alergias, traumatismo da conjuntiva e até problemas mais graves, como úlceras, derrame e cegueira.

Doenças relacionadas

A blefarite, inflamação não contagiosa que afeta as pálpebras, também é um problema recorrente para quem abusa do alongamento dos cílios sem os cuidados adequados. De acordo com o Dr. André Borba, oftalmologista e especialista em cirurgia reconstrutiva e estética das pálpebras, a doença pode se apresentar de forma infecciosa e alérgica.

Seus sintomas podem ser coceira, ardência, vermelhidão e edema. Além disso, também pode causar irritação, lacrimejamento, sensação de corpo estranho e incômodo com a luz. De acordo com a Sociedade Brasileira de Oftalmologia, duas em cada dez mulheres que utilizam grande quantidade de maquiagem e acessórios nos olhos apresentam problemas oculares.

Alongamento de cílios pode causar conjuntivite. Quais são os outros riscos?

Ainda de acordo com a Dra. Emília, as implicações na saúde dos olhos se dão pelo material usado nos cílios. Isso porque ele pode impedir o funcionamento natural do órgão ocular.

“Geralmente o cílio aplicado para dar volume é sintético. Então, não é compatível com os nossos cílios nascidos, o que pode acabar levando a obstrução das glândulas de produção de lubrificação dos olhos, por exemplo. A partir disso, também pode ocorrer a queda dos cílios naturais, aumentar a suscetibilidade a infecções por traumatizar a superfície e até levar a um derrame ocular”, pontua a oftalmologista.

A cola utilizada nesse tipo de procedimento também é um dos principais pontos negativos do procedimento em relação à saúde dos olhos.

“A cola usada para colocar os cílios libera alguns gases que podem derreter as lentes de contato e causar um mal estar e desconforto imediato na visão, além da possibilidade da dermatite de contato. Outro ponto em que é necessário ter atenção, é quanto à higienização dos cílios. Se não cuidado de forma correta, pode haver o acúmulo de ácaros no procedimento, em alguns casos”, afirma Emília.

Como proceder em caso de irritação nos olhos

Em situações de reações alérgicas na região dos olhos, tais como coceira, ardor e inchaço após a realização de alongamento de cílios postiços, o ideal é adotar procedimentos de higienização para aliviar os sintomas:

  • Fazer compressas com soro fisiológico;
  • Lavar bem a região dos olhos com sabão neutro e água em abundância;
  • Consultar o oftalmologista assim que possível para verificar se não houve dano mais sério.

Por fim, é recomendável escolher um profissional qualificado para realizar o procedimento, usar produtos de qualidade e não esquecer da limpeza diária. Além disso, a Dra. Emilia aconselha que, em caso de possíveis efeitos colaterais após o procedimento estético, seja procurado de forma rápida e assertiva um(a) oftalmologista. “Até mesmo antes. Se você deseja realizar a extensão de cílios, procure um especialista no trato da saúde ocular. Apenas um profissional pode ajudar a indicar o melhor tratamento pré e pós-aplicação”, finaliza.

Fontes: 

  • Dr. André Borba, oftalmologista e especialista em cirurgia reconstrutiva e estética das pálpebras;
  • Dra. Emília Lucena, oftalmologista do Núcleo de Oftalmologia.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

dores nos glúteos e problemas na coluna
Saúde

Dores nos glúteos sinalizam problemas na coluna, diz especialista

Pesquisa aponta problemas na coluna como uma das principais causas de afastamento do trabalho

benefícios da banana
Alimentação Bem-estar Saúde

10 benefícios da banana que provavelmente você não conhece (mais receitas)

A banana é amiga do intestino, além de ser eficiente na prevenção de cãibras. Veja outros benefícios da fruta!

mulher fazendo o exercício peck deck na academia
Bem-estar Movimento

Peck deck (voador): o que é, para que serve e como fazer o exercício

Entenda quais músculos o peck deck aciona, como executar corretamente e quais exercícios podem substituí-lo nos dias mais cheios da academia