Alimentos que grávidas devem evitar consumir

Alimentação Bem-estar Gravidez e maternidade Saúde
18 de Março, 2020
Alimentos que grávidas devem evitar consumir

A gravidez implica algumas mudanças de hábitos na vida da mulher grávida, especialmente na preocupação com a alimentação. Por isso, existem alimentos recomendados às grávidas, mas há também alimentos que elas devem evitar – e alguns podem surpreender.

Alimentos que grávidas devem evitar consumir

Peixes crus ou mal passados

Não é de conhecimento geral, mas peixes crus ou mal passados não são recomendados para mulheres grávidas. “A razão para isso é o perigo que eles podem causar para a gestante e seu bebê, devido a presença de metais pesados em sua composição. Como consequência, esses metais podem atravessar a placenta e prejudicar o feto”, explica a nutricionista Bel Fagundes, de São Paulo, especialista em nutrição materno-infantil.

Entretanto, o mesmo não vale para peixes cozidos ou assados, visto que, quando assim preparados, são excelente fonte de ômega-3 e, por isso, recomenda-se que sejam consumidos duas vezes na semana. 

Café 

Apesar de existir a versão descafeinado, em geral o café deve ser evitado por grávidas. Em suma, a razão disso é que o consumo de cafeína pelas gestantes pode atrapalhar o ganho de peso do bebê. Segundo meta-análise publicada pela BMC Medicine, em 2014, o consumo de cafeína durante a gestação está diretamente ligado ao nascimento de bebês de baixo peso. Ainda, alguns estudo associam a cafeína a abortos espontâneos e partos prematuros.

“Considera-se uma dose segura de 200 mg/dia de cafeína na gestação, isso equivale, mais ou menos, a 1 xícara de café coado, 240 ml”, detalha a nutricionista.

Leia mais: Cafeína faz mal?

Alimentos enlatados 

Além de serem excessivamente abundantes em sódio, os alimentos enlatados devem ser evitados por grávidas devido a outras razões. “Os revestimentos das latas dos produtos enlatados são revistadas com bisfenol, uma substância tóxica. Além disso, esses alimentos podem conter bactérias“, alerta a especialista.

Queijos 

Apesar de muito queridos e certamente saborosos, é preferível evitar os queijos durante a gestação. Queijos crus – de maneira geral, queijos mais “moles”, “mofados” como o brie, camembert, bem como queijos mais pastosos ou “macios”, por exemplo, feta, gorgonzola, blue cheese, roquefort, minas artesanal ou outros queijos caseiros podem carregar microorganismos prejudiciais à saúde do feto.

Leia mais: Guia dos queijos com menos lactose

Bebidas alcoólicas

A recomendação de não ingerir álcool é de praxe. Porém, qual é o real motivo por trás disso? Basicamente, o álcool consegue atravessar livremente a placenta, isso quer dizer que o feto terá sempre a mesma concentração sanguínea de álcool que a sua mãe, porém o seu fígado é imaturo, não sendo, portanto capaz de processar o álcool circulante, gerando assim um acúmulo. Por isso, a nutricionista pontua que o consumo de bebidas alcoólicas durante a gravidez é extremamente perigoso e deve ser evitado ao máximo. Além disso, há estudos que apontam que a bebida pode provocar defeitos na formação da face do bebê.

Sobre o autor

Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo

Leia também:

foto mostra diferentes pincéis de maquiagem
Beleza Bem-estar

Pincéis e esponjas de maquiagem podem causar acne e alergias. Como higienizar?

Você já tentou de tudo, mas não consegue se livrar do aparecimento de espinhas? Já tentou lavar seus pincéis e esponjas de maquiagem?

corrida
Bem-estar Movimento Saúde

Como proteger garganta e ouvidos na corrida durante o inverno

É necessário tomar os devidos cuidados para proteger garganta e ouvidos durante a corrida no inverno. Saiba mais!

respiração durante a corrida
Bem-estar Movimento

Dicas de como melhorar a respiração durante a corrida

Estar atento à respiração durante a corrida é algo essencial - tanto para iniciantes quanto para atletas experientes