Açúcar causa inflamação no organismo?

Alimentação Bem-estar
25 de Setembro, 2019
Açúcar causa inflamação no organismo?

A inflamação faz parte do processo de cura natural do organismo. Durante lesões ou infecções, o corpo libera substâncias químicas para ajudar a protegê-lo e combater qual substância prejudicial. Tal reação pode causar vermelhidão, calor e inchaço.

Entretanto, é importante observar que há uma diferença entre açúcar adicionado e açúcar natural, como o encontrado nas frutas e legumes. 

Alguns alimentos, como açúcar, também podem causar inflamação no corpo, o que é normal.
No entanto, alimentos inflamatórios em excesso podem ocasionar inflamação crônica e gerar sérios problemas de saúde, como doenças cardíacas, diabetes, câncer e alergias. 

O açúcar adicionado é removido de sua fonte original e adicionado a alimentos e bebidas para servir como adoçante ou aumentar o prazo de validade.

Ele é encontrado principalmente em alimentos e bebidas processados, embora o açúcar de mesa também seja considerado um açúcar adicionado.

Como o açúcar causa inflamação

Diversos estudos mostraram que uma dieta rica em açúcar adicionado leva à obesidade, resistência à insulina, aumento da permeabilidade intestinal e inflamação de baixo grau.

Um estudo comandado pelo Hospital Universitário de Zurich, na Suíça, acompanhou 29 pessoas saudáveis e ​​descobriu que consumir apenas 40 gramas de açúcar de apenas uma lata de 375 ml de refrigerante por dia levou a um aumento de marcadores inflamatórios, resistência à insulina e colesterol LDL. Essas pessoas também tendiam a ganhar mais peso.

Leia também: O que acontece com seu corpo quando você para de beber

Como o consumo de açúcar afeta o corpo

A ingestão excessiva de açúcar adicionado causa várias alterações no organismo, o que ajuda a explicar por que uma dieta rica em açúcar pode levar a uma inflamação crônica de baixo grau. Veja de quais maneiras essa substância afeta a saúde: 

  • Permeabilidade intestinal aumentada: bactérias, toxinas e partículas de alimentos não digeridas podem sair mais facilmente do intestino e entrar na corrente sanguínea, potencialmente levando à inflamação.
  • Aumento do colesterol LDL “ruim”: o excesso de colesterol LDL foi associado a níveis mais altos de proteína C reativa (PCR), um marcador de inflamação.
  • Ganho de peso: uma dieta rica em açúcar e carboidratos refinados pode levar ao ganho de peso. O excesso de gordura corporal tem sido associado à inflamação, em parte devido à resistência à insulina.

Porém, é importante lembrar que é improvável que a inflamação seja causada apenas pelo açúcar. Outros fatores como estresse, medicamentos, tabagismo e ingestão excessiva de gordura também podem levar a esse quadro.


Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!