Como yoga ajuda a combater ansiedade e depressão

26 de novembro, 2019

Não é nenhum segredo que yoga proporciona diversos benefícios. Mais recentemente, a prática tem sido relacionada ao combate de problemas como ansiedade e depressão.

Se você tem receio por achar que não é flexível, não se preocupe. Com o tempo, a modalidade proporciona flexibilidade e equilíbrio. Além disso, é ótima para a saúde mental.

Leia também: Yoga: O que é, benefícios e como fazer

Segundo um estudo feito na Universidade de Medicina de Boston, nos Estados Unidos, um tipo de yoga chamado Iyengar e a prática da respiração juntos podem melhorar os sintomas da ansiedade e depressão.

O estudo incluiu pessoas de 18 a 65 anos que foram diagnosticadas com transtorno depressivo, e os participantes foram divididos em duas partes. Os dois grupos praticaram yoga e técnicas de respiração, um por 78 horas e outro por 60 horas, ao longo de três meses. Com isso, dentro de um mês foi descoberto que os pacientes tiveram melhores noites de sono e se sentiram mais tranquilos e positivos no geral. 

Sendo assim, pessoas com ansiedade e depressão podem utilizar Yoga como um método de auxílio. Entretanto, é imprescindível buscar o tratamento adequado com especialistas.

Benefícios de praticar yoga

  • Melhora a flexibilidade: Talvez na primeira aula talvez você não consiga alcançar seus pés. Porém, com o tempo o corpo vai se acostumando, e eventualmente você terá uma melhora gradual, com poses que nem imaginava.
  • Melhora a postura: Yoga leva a uma maior consciência corporal, assim, melhorando sua postura no dia a dia.
  • Protege a coluna: Se os discos vertebrais (amortecedores da coluna) ficarem estáticos, o risco de se contrair hérnia de disco, por exemplo, aumenta. Por isso, os movimentos da modalidade são tão eficientes para driblar esse problema.
  • Previne dores nas articulações: Ao praticar esse exercício, as articulações vão ao máximo do movimento, prevenindo a artrite, porque faz o líquido que nutre a articulação fluir.
  • Eleva a frequência cardíaca: Nem todos os tipos de exercícios de yoga são aeróbicos, mas todos elevam a frequência cardíaca de certa forma. Ter uma frequência cardíaca elevada constantemente diminui c os riscos de doenças cardiovasculares.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo