Obsessão por vídeos de cravos e espinhas tem explicação psicológica

Beleza Bem-estar Equilíbrio
14 de Março, 2022
Obsessão por vídeos de cravos e espinhas tem explicação psicológica

Você provavelmente deve conhecer alguém que ama assistir a vídeos de cravos e espinhas sendo retirados. É uma prática bem comum na internet, que começou, primeiramente, no YouTube e, há pouco tempo, se expandiu para o TikTok, aplicativo coreano que ganhou os corações dos brasileiros. Nas imagens, é possível observar essas anomalias acneicas sendo retiradas e, para alguns, isso é extremamente satisfatório; para outros, pode ser perturbador. 

Se você faz parte do primeiro time, saiba que, segundo informações de Gregor Osipoff, psicanalista pós-graduado em neurociência, esse comportamento tem uma explicação psicológica. “Essa apreciação pode acontecer por vários fatores, por exemplo, o emocional — que está ligado diretamente à afetividade”, revela. “É como tocar com um ato de amor e carinho, como se fosse uma relação de troca e a pessoa pudesse ter um contato mais próximo e seguro”, completa. 

Receber atenção

De acordo com o psicanalista, assistir a esses vídeos é receber atenção, “pois quem recebe não consegue ver diretamente, mas, sim, sentir o cuidado e a delicadeza de quem cuida”. “O toque é uma ação prazerosa, que libera serotonina e faz com que a pessoa sinta-se saciada”, revela. Segundo Gregor, a pele é o maior órgão do corpo e os estímulos que ela recebe são sentidos o tempo todo, em tudo o que fazemos. Então, o ‘cuidar’ vai além desse contato, porque pode levar a pessoa a se sentir como se fosse extremamente cuidada. 

“Essa prática não tem o tom de carinho, carícia ou toque mais íntimo, é apenas um gesto de cuidar e ser cuidado — ação que os seres humanos acolhem e desejam por si só”, completa. “O cuidar vai além do contato, pois pode levar a pessoa a sentir como se estivesse nos períodos mais tenros de sua existência, sentindo e observando um acolhimento de quem realmente está ali para cuidar”, reforça. 

Leia também: Transtorno obsessivo compulsivo (TOC): O que é e sintomas

Vídeos de cravos e espinhas: quando se preocupar?

No entanto, criar uma obsessão por assistir a vídeos de cravos e espinhas também pode demonstrar outro lado psicológico. De acordo com Gregor, esse desejo e essa sensação sentidos podem ser maiores que o normal. Caso isso aconteça, pode ser caracterizado como um transtorno compulsivo. “Neste momento, o sinal de alerta é ativado e é preciso buscar ajuda. Se você não aguenta esperar determinada acne secar, pode ser que a sua ansiedade esteja descontrolada e que você precise de um tratamento mais efetivo”, reforça. 

“Mas cuidar da pele é fundamental para ter uma aparência saudável, e todo excesso é prejudicial à saúde emocional e física. Nos casos mais intensos, é recomendado procurar um profissional para aliviar os sintomas e encontrar a causa da obsessão. Sabemos disso quando deixa de ser um prazer e vira uma necessidade, muitas vezes incontrolável”, orienta o psicanalista. 

Fonte: Gregor Osipoff, psicanalista pós-graduado em neurociência.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!