Trabalhar à noite: Quais são os efeitos para a saúde

16 de agosto, 2021

Os trabalhadores noturnos são aqueles que trabalham entre 22h de um dia e 5h do outro no caso de atividades urbanas; e entre 20h e 4h no caso de atividades rurais, segundo as leis trabalhistas. Assim, estima -se que sejam milhões em todo o mundo. Mas você sabia que trabalhar à noite pode trazer uma série de riscos para o organismo? Isso porque, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o trabalho noturno rompe o ritmo circadiano, o intervalo de 24 horas em que se baseia o ciclo biológico do ser humano.

Segundo a médica clínica geral Patrícia Costa, do Hospital Anchieta de Brasília, o trabalho noturno é antifisiológico, leva à privação do sono e pode trazer muitos males à saúde. “Uma pessoa que trabalha à noite pode ter tanto a sua saúde física como mental prejudicada, o que ocorre devido à alteração do ciclo circadiano”, explica.

Trabalhar à noite atrapalha o sono

Um dos grandes problemas relacionados ao trabalho noturno é o sono. “Ou seja, quando dormimos, são liberados vários hormônios, como a serotonina, hormônios da saciedade e antiestresse. Assim, o sono prejudicado altera a memória, causa ansiedade, reduz a capacidade lógica e raciocínio, há maior chance de depressão, doenças cardiovasculares, diabetes, imunidade baixa, ganho de peso, fadiga, cansaço, câncer e envelhecimento precoce. Além disso, estudos mostram que pessoas que trabalham à noite envelhecem 6 anos a mais do que quem trabalha de dia”, afirma a médica. 

Como reduzir os riscos?

Mas, e quando não existe outra alternativa e é preciso trabalhar à noite? Nesse caso, a médica aconselha que sejam tomados alguns cuidados, como manter um descanso de qualidade, dormir de dia e compensar o sono perdido. “Para isso, é necessário um ambiente semelhante ao noturno, temperatura abaixo do ambiente, lugar escuro e sem ruídos”, aconselha. Dessa maneira, caso a pessoa tenha dificuldade para dormir,  pode usar chás relaxantes e até um hormônio como a melatonina para ajudar no sono de qualidade, principalmente se o trabalho noturno acontece todos os dias. Vale buscar ajuda médica para receber orientação. 

“Mas, se você não trabalha todos os dias no período noturno,  tente dormir pela manhã quando chega e à tarde, no dia em que for trabalhar, por cerca de 3 horas. Contudo, se você tem um horário de descanso no seu trabalho, tente dormir, isso vai te ajudar muito.”

Confira dicas para dormir melhor:

  • Tome um banho antes de dormir e faça uma alimentação leve.
  • Pratique atividade física. Pois, traz muitos benefícios à saúde, ajudando na prevenção de doenças crônicas, manutenção do peso e ainda liberação de neurotransmissores que ajudam no humor, melhorando a saúde mental.
  • Alimente-se de forma saudável.
  • Mantenha-se hidratado.
  • Por fim, faça acompanhamento médico para avaliação da sua saúde física e mental.

Leia também: Uso de telas aumenta na pandemia e piora qualidade do sono

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.