Adoecer pode ser o segredo para viver mais, aponta pesquisa. Entenda

Bem-estar Saúde
05 de Abril, 2023
Adoecer pode ser o segredo para viver mais, aponta pesquisa. Entenda

Alcançar a longevidade é meta de vida de muitas pessoas que adotam hábitos mais saudáveis. Entre os principais cuidados, evitar doenças é a forma mais conhecida para passar dos 100 anos de idade. Contudo, uma pesquisa científica publicada na revista The Lancet apontou que o segredo para viver mais é adoecer. De acordo com o estudo, o motivo para essa relação é que, ao ficar doente, o nosso corpo é capaz de produzir mais anticorpos contra doenças virais e bacterianas, resultando em uma saúde mais forte e que resiste ao tempo. Continue lendo e entenda. 

Veja também: Dieta da longevidade: O que comer para viver mais e melhor

O segredo para viver mais: como adoecer contribuir com a longevidade

Publicada nessa semana, a pesquisa comparou amostras de idosos que passaram dos 100 anos com pessoas de idades diferentes. Os resultados demonstraram que aqueles que eram mais velhos apresentaram o que eles chamaram de “anticorpos de elite”, ou seja, anticorpos mais fortes que protegem o organismo contra infecções, insetos, vírus etc.

Portanto, esse achado indica que as pessoas mais idosas não evitaram adoecer ou frequentar ambientes mais perigosos em termos de saúde, pelo contrário, elas se expuseram mais ao risco de contrair doenças e com isso, fortaleceram o seu sistema imunológico. Assim, esse tipo de imunidade só é possível após a exposição a doenças e a capacidade do organismo de se curar. 

Por outro lado, a pesquisa também levanta contradições, já que o estudo foi realizado com cerca de 7 idosos com uma média de idade entre 106 e 119, o que seria uma amostra pequena para comprovar resultados. 

Contudo, vale reforçar que o segredo para viver mais não depende exclusivamente de contrair doenças. Assim, outros hábitos saudáveis como ter uma alimentação equilibrada e praticar exercícios físicos também são fatores determinantes para alcançar os 100 anos de idade. A seguir, confira dicas para alcançar a longevidade.

Alimentos que ajudam a viver mais

Existem alimentos que ajudam a viver mais e, por isso, o consumo pode ser feito sem preocupações. É o caso de legumes e folhas verde-escuras, pratos feitos com grãos integrais, amendoim, castanha e nozes, além de frutas — principalmente as vermelhas.

Além disso, se engana quem pensa que para conquistar a longevidade com saúde, é preciso cortar os doces da dieta. Na verdade, de acordo com os pesquisadores, o chocolate amargo é uma ótima opção e pode ser incluído na rotina.

A relação entre os exercícios físicos e viver mais

Uma pesquisa publicada na iScience analisou os resultados de mais de 200 meta-análises relevantes e estudos individuais envolvendo milhares de homens e mulheres — sendo a maioria, obesos. Em seguida, os cientistas chegaram à conclusão de que pessoas obesas têm menos risco de ter doenças cardíacas e morte prematura praticando exercícios do que perdendo peso ou fazendo dieta.

Por fim, de acordo com a PUC – Pontifícia Universidade Católica, existem outros dois fatores essenciais para ter longevidade — cultivar a espiritualidade e evitar o tabagismo. Em especial, não fumar é essencial para evitar cerca de 55 doenças diferentes provocadas pela dependência da nicotina.

Referência: The Lancet.

Sobre o autor

Tayna Farias
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em gravidez e maternidade

Leia também:

Chás pré e pós-treino
Alimentação Bem-estar

Chás pré e pós-treino: veja as melhores opções

O chá é a segunda bebida mais consumida mundialmente, depois da água, sendo o Brasil um dos maiores consumidores. De acordo com um balanço da Euromonitor

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Quando mudar a rotina de skincare
Beleza Bem-estar

Rotina de skincare: quando mudar os produtos? Dermatologista explica

Segundo a dermatologista, apesar da percepção, a pele continua se beneficiando da rotina