Salário emocional: A remuneração além do dinheiro

Bem-estar Equilíbrio
12 de Agosto, 2021
Salário emocional: A remuneração além do dinheiro

Receber um bom salário sempre foi visto como o principal motivo para aceitar um emprego. Contudo, nos dias atuais, o dinheiro não é o único item avaliado por profissionais. Por isso, os gestores estão cada vez mais atentos ao chamado “salário emocional”.

De fato, o salário material é essencial. Entretanto, o salário emocional não é representado por uma cifra, mas sim pela satisfação da pessoa no trabalho. Trata-se de um conjunto de fatores emocionais e motivacionais que fazem com que os funcionários queiram permanecer em uma empresa. 

Assim, os elementos usados por quem adota o salário emocional incluem qualidade de vida no trabalho, reconhecimento, cultura organizacional, entre outros. 

Leia também: Como montar um home office calmo e relaxante

Saúde mental nas empresas

Cuidar da saúde mental dos colaboradores de uma empresa é essencial para que eles possam entregar os melhores resultados. 

Uma pesquisa realizada pela consultoria Kienbaum contou com a participação de 18 mil líderes, de diretores a gerentes. Assim, os resultados mostraram que o item mais importante para o profissional se sentir bem e motivado em uma organização está relacionado ao progresso na carreira, ao aprendizado e ao desenvolvimento.  Já a remuneração, por outro lado, surgiu apenas na quarta posição.

Em outra pesquisa, realizada pelo site de empregos Catho, 90% dos trabalhadores da plataforma desejavam trocar de emprego ao iniciar o ano de 2020. Entre os motivos, podemos encontrar pontos importantes como a melhora na qualidade de vida, a busca por uma melhor condição financeira e até mesmo a mudança do segmento de atuação. 

Leia também: Saúde mental nas empresas em tempos de pandemia

Em tempos de pandemia, por exemplo, as pessoas estão se sentindo ainda mais sobrecarregadas. Portanto, montar um plano de reestruturação visando o salário emocional e o bem-estar dos funcionários trará muito mais benefícios para a sua companhia.

Exemplos de salário emocional

A implementação do salário emocional nas empresas pode ser uma tarefa difícil. Tanto o RH quanto os outros funcionários precisam contribuir para isso. Veja abaixo os principais exemplos de salários emocionais:

  • Manter um ambiente profissional agradável, positivo e saudável;
  • Os funcionários devem ter reconhecimento por parte da liderança;
  • Colaborar com uma comunicação sem ruídos;
  • Ter uma rotina de treinamentos focada na motivação e no desenvolvimento dos colaboradores;
  • Manter uma certa flexibilidade com os horários;
  • Montar um plano de carreira bem estruturado, possibilitando crescimento interno;
  • Estimular novos desafios;
  • Incentivar programas de lazer;
  • Cuidar do colaborador no ambiente externo à empresa.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

foto de um prato colorido com legumes, salada e grãos
Alimentação Bem-estar Receitas

Encontrar receitas vegetarianas é difícil para você? Veja 20 opções!

Aqui na Vitat, você consegue encontrar inúmeras opções de receitas vegetarianas para variar o seu cardápio. Separamos algumas, confira!

5 benefícios da banana
Alimentação Bem-estar

5 benefícios da banana para os atletas

Liberação gradual de energia e recuperação muscular são alguns dos benefícios. Veja outros!