Poros abertos? Saiba como controlar e acabar com eles

21 de setembro, 2021

Se você tem a pele mista ou oleosa, provavelmente tem os poros abertos e os óstios dilatados. Dessa maneira, a causa está associada ao acúmulo de óleo e células mortas ao redor dos poros, fazendo-os aumentarem de tamanho. Assim, geralmente esses furinhos ficam visíveis na chamada “região T”.

Mas você sabe a diferença entre os poros abertos e os óstios dilatados?

“Enquanto os poros secretam suor e não é possível visualizá-los a olho nu, os óstios secretam sebo e sem nenhum equipamento é possível visualizar, por isso os furos são maiores”, explica a dermaticista Patrícia Elias, especialista em saúde da pele. 

Leia também: Cuidados com a pele x saúde mental: Conheça a relação

“O acúmulo de sebo, células mortas, resíduos de maquiagem e outras impurezas deixam os óstios dilatados. Não é possível fechá-los, pois é através desses furinhos que o corpo elimina o sebo produzido pelas glândulas sebáceas. Mas é possível reduzi-los, deixando-os com um aspecto menos visível. O segredo é fazer com que eles contraiam, sempre mantendo a pele limpa de forma correta”, afirma.

Dicas para controlar os poros abertos

A boa notícia é que existem técnicas e produtos que ajudam a controlar os poros abertos, mantendo a área limpa. Sendo assim, veja receitas fáceis indicadas por Patrícia para tratar este incômodo. Confira:

Durante a noite

  1. Separe uma casca de banana e um pedaço de batata. Em um recipiente, raspe a massa de dentro da casca da banana junto com a batata em uma quantidade necessária para o rosto. Misture bem;
  2. Após a higienização do rosto, aplique um tônico adstringente (os mais aconselhados são os que contém propriedades que reduzem os poros);
  3. Em seguida, coloque uma bolsa térmica quente – ou uma toalha quente – e deixe por um minuto em cima da região dos furinhos. “Essa etapa serve para dilatar os vasos, além de aumentar a permeação dos nutrientes, ajudar a potencializar o resultado e aumentar o fluxo sanguíneo e a troca metabólica”, explica Patrícia;
  4. Com a região ainda quente, aplique a receita no local ou no rosto inteiro;
  5. Deixe repousando de 20 a 30 minutos. Após esse tempo, passe um hidratante facial apropriado. A dermaticista explica que é necessário manter a mistura no rosto por um bom tempo, pois ao enxaguar, o resultado pode ser neutralizado.

Durante o dia

  1. No dia seguinte de manhã, lave o rosto somente com água e aplique uma bolsa térmica com água gelada.
  2. Passe o tônico e o hidratante novamente, e acrescente um protetor solar específico para a sua pele.
  3. Repita esse procedimento todos os dias durante algumas semanas até sentir o resultado.

Fonte: Patrícia Elias, dermaticista e especialista em saúde da pele.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo