Páscoa saudável: 7 motivos para apostar no chocolate amargo

Alimentação Bem-estar
29 de Março, 2023
Páscoa saudável: 7 motivos para apostar no chocolate amargo

Com a páscoa chegando, já é possível ver os mercados cheios de chocolates de todos os tipos. Contudo, se você está cuidando mais da sua alimentação e pretende não exagerar neste ano, vale apostar em alternativas que deixem a sua páscoa mais saudável. 

De acordo com a nutricionista Fabiana Albuquerque, uma boa opção é investir nos chocolates amargos já que eles contém a maior porcentagem de cacau e são ricos em antioxidantes que previnem o envelhecimento precoce. Por isso, além de incluir o consumo desse tipo de chocolate na páscoa, a prática pode e deve ser incorporada em outros meses do ano em substituição ao tradicional chocolate ao leite.

Veja também: Receita de ovo de Páscoa fit caseiro

Páscoa saudável: 7 motivos para apostar no chocolate amargo

pascoa-saudavel

Apesar do sabor não ser tão adocicado como o chocolate ao leite, o tipo amargo oferece mais nutrientes e já possui diversos benefícios comprovados para a saúde. Além disso, esse tipo de chocolate pode ser considerado mais “puro”, já que é composto apenas por grãos de cacau torrados e baixos percentuais de açúcar.

A seguir, confira os benefícios do chocolate amargo para ter uma páscoa mais saudável. 

1. Contribui com a saciedade

Diferente do chocolate ao leite, o amargo contém ácidos fenólicos, substância que pode aumentar a produção do hormônio leptina, que aumenta a nossa sensação de saciedade. Assim, quanto mais saciado, menores as chances de exagerar na comida.

2. Reduz a obesidade

De acordo com uma pesquisa da Universidade Virginia Tech, o chocolate amargo pode reduz a obesidade, a pressão sanguínea e pode deixar a pessoa mais inteligente. Assim, o agente causador desses benefícios são os flavonoides, compostos encontrados no cacau.

Esses flavonoides são os fitonutrientes mais abundantes no cacau e também são responsáveis benefícios com relação à ação anti-inflamatória, antioxidante e de melhora na circulação”, afirma Fabiana. 

3. Contribui com o emagrecimento

O chocolate amargo é rico em cafeína, que ajuda a acelerar o metabolismo. “Estudos recentes apontam os benefícios em consumir uma quantidade pequena de cacau todos os dias, pois além de matar aquela vontade de doce, ele ajuda ainda a combater a inflamação corporal”, aponta a nutricionista.

4. Fonte de ferro

O chocolate amargo é uma das formas de aumentar a ingestão de ferro. Assim, apenas trinta gramas de chocolate amargo contém 2 a 3 mg de ferro, mais ferro do que na mesma quantidade de carne.

Mais dicas para ter uma páscoa saudável com chocolate amargo

5. Controla o colesterol

Os antioxidantes do cacau reduzem a inflamação e o acúmulo de gordura nos vasos. Assim, podendo auxiliar na diminuição do colesterol ruim.

6. Previne o envelhecimento

O chocolate amargo ajuda a neutralizar os radicais livres do organismo. Quando muito elevados, esses radicais podem provocar danos celulares relacionados ao envelhecimento. Aliás, é por isso que o doce também é utilizado em alguns cosméticos, como antirrugas, por exemplo.

7. Melhora o raciocínio

A cafeína presente no chocolate pode estimular a atenção, a memória e a concentração. Para comprovar esses efeitos, a Universidade de Northumbria, Reino Unido, comparou dois grupos durante a aplicação de uma prova. Assim, o resultado foi que quem consumia 500 mg de flavonoides – substâncias encontradas em abundância no chocolate amargo – teve o maior número de acertos.

Outras dicas para ter uma páscoa saudável

Por fim, se você ainda não é muito fã de chocolate amargo, experimente acrescentá-lo à sua rotina de forma gradual. Assim, comece com as versões meio amargas que contém de 35% a 50% de cacau e já acostumando o seu paladar à medida que aumenta a porcentagem de cacau.

Além disso, mesmo que o chocolate amargo seja positivo para a saúde em diversos sentidos, exagerar no consumo não é recomendado, já que a cafeína presente no chocolate pode impactar na qualidade do sono.

“O ideal é que o consumo de chocolate amargo não ultrapasse 30g ao dia, pois apesar de inúmeros benefícios, ele é um alimento calórico. Portanto, seu consumo excessivo pode ocasionar no aumento da gordura corporal”, alerta a nutricionista. 

Fonte: Fabiana Albuquerque, nutricionista do Instituto Nutrindo Ideais e especialista em nutrição esportiva e funcional.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Dia dos Pais fondue saudável
Alimentação Bem-estar Receitas

Fondue saudável: confira algumas substituições mais equilibradas!

Quando as temperaturas caem, uma noite de fondue é uma excelente pedida

chocolate quente fit
Alimentação Bem-estar

Chocolate quente fit é opção saudável para festa junina. Veja receitas!

Nessa época, algumas comidas ganham protagonismo, como caldos, bebidinhas quentes e doces típicos. Veja como fazer um chocolate quente fit!

Por quanto tempo devo tomar ômega
Alimentação Bem-estar

Por quanto tempo devo tomar Ômega 3?

Muitas pessoas se perguntam: Por quanto tempo devo tomar ômega 3? Veja recomendações importantes sobre o consumo prolongado