Páscoa: Como fazer escolhas saudáveis

11 de março, 2021

Será que é possível fazer escolhas saudáveis na Páscoa? Apesar de todo o significado e religiosidade, é inevitável falar deste feriado e não falar de chocolate, peixe, vinho e outras delícias típicas da temporada.

Gostando ou não, o banquete e a comilança são, praticamente, tradições desta data. Portanto, em vez de tentar se privar, que tal aprender a fazer escolhas saudáveis no supermercado, almoços e jantares?

Qual chocolate comprar

Tem gente que atribui toda a culpa ao chocolate – como se ele tivesse culpa de você comê-lo demais. Porém, o doce pode, sim, fazer parte da alimentação, desde que exista moderação e maturidade.

Assim, na hora de ir às compras, procure dar preferência ao chocolate amargo. Quanto mais cacau, mais antioxidantes. Quanto mais antioxidantes, mais benefícios à saúde do coração.

Qual chocolate evitar

Tente passar longe do chocolate ao leite e dos chocolates brancos. E, principalmente, daqueles que contêm castanhas, trufas recheadas e avelãs. Uma regrinha básica: quanto mais “incrementado” for o doce, pior será para a sua dieta.

Colomba Pascal

O rei Lombardo Alboino, furioso com a guerra, desistiu de seu desejo de vingança depois de ter sido presenteado com um doce em formato de pomba. No caso, o doce era o que hoje conhecemos por Colomba Pascal. Bom, ao menos é isso que a lenda conta.

A Colomba contém mais ovos e mais manteiga que o panetone. Seu preparo é super minucioso e o sabor é suave. É um pãozinho muito querido no café da manhã de muitos países europeus.

Porém, nem tudo são flores: a Colomba Pascal é muito calórica. Portanto, se for consumir, limite-se a uma fatia ou, em vez de comprar o tradicional, opte pela versão com frutas secas.

Peixes

Bacalhau não pode faltar. Rico em vitaminas A, E e D, ferro, magnésio e gorduras boas (ômega-3 e 6), o peixe característico da Páscoa é, sim, uma boa opção. Porém, é preciso tomar cuidado com o seu preparo. Diminua a quantidade de sódio na preparação, caso você escolha comprar o bacalhau seco.

Vinhos

Essa bebida costuma ser a acompanhante principal do almoço de Páscoa. Se você gosta, dê preferência ao vinho tinto. Ele tem antioxidantes, ação anti-inflamatória e previne doenças cardiovasculares. Mas, é claro, lembre-se de consumir com moderação.

Leia também: Como queimar as calorias da Páscoa

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.