Overreaching: O que é, sintomas e como evitar

14 de outubro, 2021

O overreaching nada mais é do que a perda de energia e performance durante o treino. Geralmente, isso ocorre antes do conhecido overtraining, um fenômeno que acontece quando há um desequilíbrio entre a demanda do exercício e o período de recuperação. Isto é, a pessoa ultrapassa seu limite sem dar ao corpo o devido descanso. 

Dessa maneira, no overreaching, há uma diminuição do rendimento do atleta por vários motivos. Por exemplo, cargas maiores do que ele aguenta, má alimentação e pouco tempo de recuperação. 

Assim, além da queda no desempenho esportivo, surgem outras consequências nada agradáveis: alterações na alimentação, no sono, no humor e nas relações interpessoais. Ademais, o overreaching também pode comprometer a saúde física, levando a quadros de tendinite e fraturas.

Leia também: Overtraining: Os perigos de treinar em excesso

Sintomas do overreaching

Para identificar a síndrome, veja os principias sintomas:

  • Perda de energia e fadiga constante;
  • Piora na performance esportiva;
  • Aumento do batimento cardíaco no mesmo horário e em repouso;

Como evitar

A boa notícia é que você pode evitar o overreaching adquirindo alguns hábitos. Portanto, saiba quais são eles:

  • Ter uma alimentação saudável, com suplementação adequada para pré e pós-treino;
  • A alimentação pós-treino é essencial para repor energia e nutrientes e refazer as microlesões promovidas pelo exercício;
  • Lembre-se de manter a hidratação em dia;
  • Também é necessário ter um período maior no ano para relaxar – suas férias, por exemplo. Seu corpo pode se recuperar de maneira mais completa;
  • Uma dica essencial é contar com orientação especializada, tanto no treinamento, com um profissional de educação física, quanto na alimentação, com um nutricionista. Fazer um check-up médico antes de iniciar as atividades é outra questão importante.

Por fim, lembre-se de sempre respeitar seu corpo, escutando os sinais que ele tem a oferecer. Assim, você pode usufruir ao máximo os resultados das atividades físicas sem prejudicar sua saúde. Priorize o descanso e as horas de sono.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo