Como os likes no Instagram afetam a saúde mental

5 de dezembro, 2019

O uso de celular está cada vez mais comum e, com isso, as redes sociais como o Instagram. No entanto, essa mídia social tem sido apontada uma das maiores causas de baixa autoestima e insegurança.

Geralmente, as pessoas costumam se comparar umas com as outras, principalmente quando veem fotos de corpos padronizados pela sociedade. Assim, as celebridades e influenciadores possuem grande efeito nisso.

Leia também: Como influenciadores nas redes sociais afetam sua saúde mental

Instagram x saúde mental

A partir de 11 de maio de 2019 , o Instagram passou a “ocultar” as curtidas das fotos. Ou seja, só você conseguiria ver quantas curtidas obteve em sua própria foto, o público em geral não. Segundo a empresa, o objetivo é fazer com que as pessoas não se sintam tão inseguras em relação a si mesmas, reduzindo comparações, especialmente entre jovens. Sendo assim, dar às pessoas mais espaço para se concentrarem em se conectar com quem ama e com coisas que as inspiram.

Apesar de muitos criticarem a decisão, outros acham que “esconder” as curtidas pode ser uma boa ideia. Também, um estudo do Journal of Psychological Science mostrou que os adolescentes eram mais propensos a curtir uma foto que tenha muitos likes do que uma que tenha poucos.

Dito isso, é possível que a remoção das curtidas seja um passo na direção certa, mas não uma solução definitiva. Devido ao fato de muitas pessoas usarem a rede social de uma forma não saudável para lidar com a depressão e solidão. Portanto, se o Instagram ou qualquer outra mídia social estiver o influenciando de forma negativa de alguma forma, tente restringir o uso do celular.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.