Farinha de amêndoas: Benefícios e como usar

Alimentação Bem-estar
24 de Abril, 2020
Farinha de amêndoas: Benefícios e como usar

A farinha de amêndoas é uma alternativa popular à farinha de trigo tradicional. É pobre em carboidratos, repleta de nutrientes e tem um sabor um pouco mais doce. Esse tipo de farinha também pode oferecer mais benefícios à saúde do que a farinha branca, como a redução do colesterol LDL (ruim) e da resistência à insulina.

Como o nome já diz, ela é feita a partir de amêndoas moídas. O processo envolve branquear essas oleaginosas  em água fervente para remover a casca, depois triturar e peneirá-las.

Farinha de amêndoas não é a mesma que farelo de amêndoas, apesar de seus nomes às vezes serem usados ​​como sinônimos. Pois, farelo de amêndoas é feito moendo amêndoas com a casca intacta, resultando em uma farinha mais grossa. Assim, essa distinção é importante em receitas em que a textura faz uma grande diferença.

A farinha de amêndoas é rica em nutrientes: 28 gramas contém:

  • Calorias: 163
  • Gordura: 14,2 gramas (9 dos quais são monoinsaturadas)
  • Proteína: 6,1 gramas
  • Carboidratos: 5,6 gramas
  • Fibra alimentar: 3 gramas
  • Vitamina E: 35% da ingestão diária recomendada  (IDR)
  • Manganês: 31% da IDI
  • Magnésio: 19% da IDI
  • Cobre: 16% da IDR
  • Fósforo 13% da IDR

Leia também: 5 grãos sem glúten que são super saudáveis

Benefícios da farinha de amêndoas

É boa para o açúcar do sangue

Os alimentos feitos com trigo refinado são ricos em carboidratos. Porém, baixos em gordura e fibra. Isso pode causar altos picos nos níveis de açúcar no sangue, seguidos por quedas rápidas, o que pode resultar em cansaço e fome de alimentos ricos em açúcar e calorias.

Por outro lado, a farinha de amêndoas é pobre em carboidratos e rica em gorduras e fibras saudáveis. Assim, essas propriedades fornecem um baixo índice glicêmico, o que significa que libera açúcar lentamente no sangue para fornecer uma fonte sustentada de energia.

Ela também contém uma quantidade notavelmente alta de magnésio – um mineral que desempenha centenas de papéis no corpo, incluindo o controle do açúcar no sangue.

Não contém glúten

A farinha de trigo contém glúten. Contudo, a feita com amêndoas não, o que a torna uma ótima alternativa para quem tem intolerância ou alergia a essa proteína. 

Ajuda a diminuir colesterol e pressão arterial

É sabido que a pressão alta e os níveis “ruins” de colesterol LDL são marcadores de risco para doenças cardíacas. Felizmente, o que você come pode ter um efeito importante na pressão arterial e no colesterol, com muitos estudos mostrando que as amêndoas podem ser bastante benéficas para ambos.

Além disso, a deficiência de magnésio tem sido associada à pressão alta em estudos experimentais e observacionais, e as amêndoas são uma grande fonte desse mineral. 

Como usar a farinha de amêndoas

A farinha de amêndoas pode substituir a branca na maioria das receitas de pães, bolos e doces. 

No cozimento, a versão de amêndoas geralmente pode substituir a farinha de trigo na proporção de 1: 1, embora os produtos cozidos feitos com ela sejam mais planos e mais densos porque não possuem glúten.

Ela também pode ser usada para empanar carne peixe e  frango.

Essa farinha é mais rica em calorias do que a de trigo, contendo 163 calorias em 28 gramas, enquanto a branca contém 102 calorias.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

dieta do óleo de coco
Alimentação Bem-estar

Dieta do óleo de coco: o que é, riscos e cardápio

Na prática, os benefícios da dieta do óleo de coco estão em sua ação no organismo. Saiba mais

mulher correndo na esteira da academia. Ela usa um véu na cabeça
Bem-estar Movimento

Qual cardio queima mais calorias? Especialista responde

Corrida, bike, natação… Você já se perguntou qual tipo de cardio queima mais calorias? Profissional de educação física responde