Fake news: laranja, limão e mel para tratar covid-19

14 de janeiro, 2022

Você já ouviu falar por aí que limão, laranja e mel são uma ótima forma de prevenir ou curar a covid-19? Se sim, saiba que isso não passa de uma fake news.

As fake news (notícias falsas) são um dos grandes destaques da pandemia da covid-19. Por isso, é necessário ter cuidado redobrado com as informações que você consome na internet. Afinal, muitas delas não são verdadeiras.

Leia também: Fake News: Fígado de boi não cura gripe

Entenda a fake news

Em um vídeo que circula na internet, uma mulher recomenda chupar laranja duas vezes por dia e tomar suco de limão adoçado com mel para prevenir o coronavírus. 

Apesar de não ser tão atual, essa fake news é compartilhada até hoje. No post, ela ressalta: “A Covid-19 jamais passará perto de você. Todos os dias chupe duas laranjas, com o bagaço e tudo, duas vezes ao dia. Coloque um dedo de mel em uma xícara e esprema dois limões e beba”. 

No entanto, o infectologista Renato Kfouri, presidente do Departamento Científico de Imunizações da Sociedade Brasileira de Pediatria, explica que essa informação é falsa e que não há relação com prevenção ou cura da Covid-19.

Dessa maneira, o ideal é continuar com as recomendações para evitar a propagação e infecção do vírus. Como por exemplo, usar álcool em gel, manter o distanciamento social e usar máscara.

Como fugir das fake news sobre a covid-19

Confirme as informações em uma fonte de notícias confiável

Se você está ficando ansioso com uma história ou afirmação, é essencial verificar com uma fonte confiável. Ou seja, dê uma olhada em um site de notícias que tem um histórico de relatos de fatos para ver se eles são verdadeiros.

Limite o tempo de checagem das notícias

Imponha um limite sobre o quanto de notícias você está absorvendo. Dessa forma, tente buscar informações positivas sobre o cenário atual.

Além disso, faça práticas que trabalham o relaxamento por meio da respiração. Como por exemplo, a meditação e yoga. Além disso, se você tiver acesso, a terapia presencial ou a online também são opções.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.