Quanto você precisa se exercitar para diminuir o risco de câncer

Bem-estar Movimento Saúde
21 de Janeiro, 2022
Quanto você precisa se exercitar para diminuir o risco de câncer

Os benefícios das atividades físicas são descobertos cada vez mais – tanto para a saúde física quanto mental. Inclusive, pesquisadores revelam que a prática regular de exercícios pode diminuir o risco de câncer.

O câncer é o crescimento desordenado de células que invadem os órgãos e tecidos. Quando essas células doentes se espalham para outras regiões do corpo, ocorre o que chamamos de metástase. Segundo dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer), a fadiga relacionada ao câncer é uma sensação persistente de cansaço ou exaustão e atinge mais de 75% dos pacientes.

Assim, de acordo com uma pesquisa publicada na revista Medicine & Science in Sports & Exercise, mais de 46.000 casos de câncer só nos EUA poderiam ser evitados através dos exercícios.

Além disso, o Instituto Nacional de Câncer (Inca), estima-se que o Brasil poderá ter 625 mil novos casos de câncer em 2020, estima. Dessa forma, entre eles, 50,3% deverão ocorrer em homens e 49,7% em mulheres. Por isso se movimentar é tão importante.

Quanto precisa se exercitar para reduzir o risco de câncer?

A pesquisa foi feita nos Estados Unidos e liderada por Adair Minihan, MPH, da American Cancer Society. Dessa maneira, cerca de 3% de todos os casos de câncer nos EUA em adultos com 30 anos ou mais estão relacionados à inatividade, eles descobriram.

“Essas descobertas ressaltam a necessidade de incentivar a atividade física como meio de prevenção do câncer”, disseram os autores do estudo à American Cancer Society Press Room.

Leia também: Exercícios podem prevenir crescimento de tumor cancerígeno

Mas quanto tempo de exercícios é necessário para reduzir o risco de câncer? Os dados da pesquisa comprovam que cinco horas de exercícios moderados por semana são benéficos para diminuir o risco de vários tipos de câncer comuns. 

“Existem muitas barreiras à atividade física. Como a falta de tempo devido a longas horas de trabalho, questões financeiras, falta de acesso a um ambiente seguro, entre outros”, dizem os pesquisadores.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

mulher com as mãos na barriga
Saúde

Vaginismo afeta o bem-estar e pode ter causas emocionais

O vaginismo é um tipo de dor que acontece durante a penetração. As causas normalmente englobam aspectos psicológicos, e problema atrapalha a vida sexual

foto do ator Tony Ramos
Saúde

Hematoma subdural: entenda quadro de Tony Ramos

Tony Ramos passou por duas cirurgias após apresentar um hematoma subdural. Segundo boletim médico, ator já tem "melhora na evolução do quadro clínico"

mulher de lado tomando um suco verde em um copo
Alimentação Bem-estar

Como comer mais fibras no dia a dia? Dicas simples

O nutriente promove saciedade, melhora o trânsito intestinal, ajuda a evitar picos de açúcar no sangue e diminui a absorção das gorduras. Veja como comer mais